domingo, 27 de fevereiro de 2011

Tesouros da minha coleção - Disney Especial # 6: Os Inesquecíveis

Oi amigos Disneyanos, hoje eu trago aqui pro Universo Disney blog, mais um dos tesouros da minha infinitamente pequena coleção Disney.
Este exemplar do Disney Especial - Os Inesquecíveis, foi presente de um amigo chamado Edgar Tchaikovski da comunidade Quadrinhos Disney do Orkut e é para ele  que dedico esta postagem referente a esta bela edição.
Obrigado mais uma vez Edgar, por esta jóia rara que faz parte da minha pequena coleção Disney.  Sou muito agradecido por você ter me presenteado à cerca de um ano com este volume, que desde a infância tem um grande valor pra mim.
A capa abaixo é da edição que possuo na coleção.
O Disney Especial - Os Inesquecíveis é uma edição bastante rara, e atualmente é bem difícil de ser encontrada em sebos e lojas virtuais, justamente os únicos lugares onde você poderá ter alguma chance de encontrá-la.
Os Inesquecíveis foi publicado em agosto de 1973 e jamais foi republicado  novamente.
Quando os Disney Especiais foram relançados, no lugar dele o número #6 da edição de relançamento saiu "Os Aventureiros" que na primeira edição correspondia ao número #7.
Os Inesquecíveis, trazia vários personagens antigos e muito pouco ou quase nada do universo dos patos.
Nesta edição temos somente uma história com Donald  e os sobrinhos, onde o Prof. Ludovico é o Protagonista. No momento adequado falaremos desta história.
A aventura que abre a edição chama-se:
"O Mistério do Vespa Vermelha" (The Red Wasp Mystery no original inglês), foi publicada pela primeira vez em 1967 com roteiro de Cecil Beard americano falecido em 1986 e desenho do mestre Disney Paul Murry.
Paul Murry nasceu em 25 de novembro de 1911 em Saint Joseph, Missouri e faleceu em 4 de agosto de 1989 em Palmdale na Califórnia.
Esta  aventura com Mickey, Pateta e o Vespa Vermelha e ainda a presença dos bandidões Ted Tampinha e Kid Monius, foi publicada no Brasil em quatro oportunidades. A primeira vez que O Mistério do Vespa Vermelha foi publicada no país foi em novembro de 1967 no Mickey #181, depois saiu em 1973, neste Disney Especial que estou comentando hoje. Passaram-se muitos anos e esta história voltou a ser publicada no Almanaque dos Superheróis 1ª série #1 em janeiro de 1984 e mais recentemente na já cancelada Aventuras Disney #27 de outubro de 2007. 
"As Aventuras de Tadeu, O Fabuloso" (The Adventures of Mr. Toad no original inglês), foi publicada pela primeira vez em outubro de 1959 com roteiro de Carl Fallberg e desenhos de Pete Alvarado.
No Brasil esta história foi publicada apenas três vezes. A primeira vez saiu no Zé Carioca #529 de 26 de dezembro de 1961, depois neste Disney especial #6 em 1973 e por último saiu no Anos de Ouro do Zé Carioca #2 de dezembro de 1989.
Informação sobre a postagem:
Você vai perceber que nesta postagem, algumas imagens não estão tão legais em termos de qualidade, mas isso aconteceu para que eu pudesse proteger a minha edição de algum dano na lombada e nas páginas internas. Não pude abrir totalmente a revista ao usar o scanner e algumas imagens ficaram como essa abaixo.
"O Tesouro do Rio" (Sunken Treasure no original inglês), foi publicada pela primeira vez em 1951. No  Inducks não consta os nomes do roteirista e desenhista desta aventura envolvendo o Coelho Quincas, João Honesto e Zé Grandão.
No Brasil esta história de 7 páginas foi publicada três vezes. A primeira vez saiu na revista O Pato Donald #154 de 19 de outubro de 1954, cerca de dois anos depois foi publicada no Mickey #41 de fevereiro de 1956 com outro título (O Rei das Diabruras), e a última vez que foi lançada no país, foi justamente neste Disney Especial - Os Inesquecíveis.
"O Barco Pirata" ou "A Pescaria" (Bucky Bug no original inglês) foi publicada pela primeira vez maio de 1948 o roteiro é de autor desconhecido e os desenhos são de Ralph Heimdahl americano de Minnesota falecido em novembro de 1981.
Esta história foi publicada no Brasil no Mickey #15 de dezembro de 1953 com o título: "Contra os Piratas", foi publicada vinte anos depois em 1973 neste Disney Especial que estou comentando hoje, com o título: "O Barco Pirata".  Novamente depois de vinte anos foi publicada pela última vez em março de 1993 no Almanaque Disney #261 já com o título modificado para: "A Pescaria".
"O Urso Abelhudo" (King Bee Bear no original inglês) foi publicada pela primeira vez em junho de 1956 e tinha como protagonistas o ursinho Bongo e Queixada
Roteiro de autor desconhecido e desenhos do inglês  Frank McSavage, nascido no Reino Unido em 1903 e falecido em 1998.
Esta história foi publicada no Brasil somente duas vezes. A primeira vez saiu em O Pato Donald #291 de 4 de junho de 1957 e em 73 neste Disney Especial - Os inesquecíveis.
"O Aluno Diplomado" (The Small Sensation no original inglês), foi publicada pela primeira vez em maio de 1959 e tem roteiro de Nick George (americano falecido em 1978) e desenhos de outro americano da Califórnia chamado Al Hubbard (falecido em maio de 1984). Esta historinha de 11 páginas apresenta o Grilo Falante e Nequinho ou (Junior Cricket no original inglês).
O Aluno Diplomado foi publicada no Brasil somente duas vez. A primeira vez foi em O Pato Donald #465 em 4 de outubro de 1960 e a última vez nesta edição de Os Inesquecíveis.
"Um Coelho Águia". O Inducks não apresenta informações e nem detalhes sobre esta história do Quincas. Aparecem vários personagens: Coelho Quincas (óbvio), Zé Fuinha, compadre Gambá, Neco Ati, Zé Grandão e outros.
"As Aventuras de Esquálidus" (The Man of Tomorrow no original inglês) foi publicada pela primeira vez em 22 de setembro de 1947 em tiras diárias nos jornais, e seu termino foi em 27 de dezembro do mesmo ano com um total de 84 tiras diárias.
O roteiro é de Bill Walsh (ou William Walsh nascido em Nova Iorque em 30 de setembro de 1913 e falecido em Los Angeles na Califórnia em 27 de janeiro de 1975). Os desenhos são do mestre Disney Floyd Gottfredson (nascido em 5 de maio de 1905 e falecido em 22 de julho de 1986).
O Disney  Especial "Os Inesquecíveis" apresenta mais de uma aventura envolvendo Esquálidus e Mickey e perfazem mais de um ano em tiras de jornais (vai de 22 de setembro de 1947 até 9 de outubro de 1948. 
A segunda aventura com o título "O Menino Prodígio" (Mickey Makes a Killing no original inglês), foi lançado logo depois de As Aventuras de Esquálidus, também em tiras diárias de 29 de dezembro de 1947 a 7 de fevereiro de 1948 com um total de 36 tiras diárias.
Depois foi publicada ainda sob o título "O Menino prodígio" - "Pflip the Thnuckle-booh", também em tiras apartir de 9 de fevereiro de 1948 até 28 de fevereiro do mesmo ano com um total de 18 tiras diárias.
"The Santa Claus Bandit" com o mesmo título em portugês "O Menino Prodígio", começou a ser publicada em tiras nos jornais no dia primeiro de março de 1948 e foi até 5 de abril de 1948 com um total de 31 tiras diárias.
A seguir tivemos "The Kumquat Question" e continuou com o título em português que já citei acima. Foram lançadas 21 tiras diárias no período de 6 de abril de 1948 até 29 de abril daquele ano.
Finalmente chegamos a última aventura "The Atombrella and the Rhyming Man", que teve 140 tira diárias em um período que vai de 30 de abril de 1948 a 9 de outubro do mesmo ano. 
A editora americana Boom! vai lançar em abril deste ano "The Atombrella and the Rhyming Man" segundo o Planeta Gibi blog do meu amigo Rivaldo, esta aventura terá formato americano, lombada quadrada, capa de Daan Jippes, e vai ser a primeira vez que será republicada nos Estados Unidos. Confira mais detalhes aqui.
Uma justa homenagem a dois mestres dos quadrinhos Disney, o roteirista Bill Walsh e o genial desenhista Floyd Gottfredson.
Esta longa aventura que vai da página 92 até 211 de Os Inesquecíveis, foi publicada no Brasil pela primeira vez divida em vários capítulos de O Pato Donald. Tudo começou na edição #22 de 8 de abril de 1952, quando saiu lá a história "The Man of Tomorrow", "O Menino Prodígio" título adotado no Brasil e foi publicada em 4 partes na edição #22 já citada e também nas edições, #23 de 15 de abril, #24 de 22 de abril, #25 de 29 daquele mês e ano. Dois anos depois a história foi publicada no Mickey #23 de agosto de 1954 com o título "As Aventuras de Esquálidus" e com capa do Jorge Kato, veja aqui.
Saiu pela última vez neste Disney Especial #6 que apresento hoje.
E a revista o Pato Donald continuou lançando às histórias divididas em partes. 
A segunda aventura saiu também em O Pato Donald #25 já citado, #26 de 6 de maio de 1952, #27 de 13 maio e #28 de 20 de maio de 1952 e no Disney Especial #6.
A terceira aventura foi dividida em duas partes e publicada em O Pato Donald #28 já citado e na edição #29 de 27 de maio de 1952 e é claro no Disney Especial #6 pela última vez.
A quarta aventura foi dividida em 5 partes e saiu em O Pato Donald #29 já citado, #30 de 3 de junho de 1952, #31 de 10 de junho e #32 em 17 de junho de 1952 (percebi que o Inducks não apresenta a parte 4. Da parte 3 pula direto para aparte 5 mas os números das revistas está correto, há alguma coisa errada aqui), e no Disney Especial #6.
A Quinta Aventura foi dividida em duas partes, em O Pato Donald #32 que já citei e também na edição #33 de 24 de junho de 1952 e no Disney Especial #6.
pra fechar essa exaustiva pesquisa (ufaaaaaaaaa!!!).
A Sexta Aventura 'The Atombrella and the Rhyming Man" foi dividida em 14 partes, a primeira parte saiu no já citado O Pato Donald # 33, logo depois saiu a segunda parte na edição #34 de primeiro de julho de 1952, #35 de 8 de julho, #36 de 15 de julho, #37 de 22 de julho, #38 de 29 de julho, #39 de 5 de agosto, #40 de 12 de agosto, #41 de 19 de agosto de 1952 e claro no Disney Especial #6.
"Vendendo o Vendedor" (No Sale no original inglês), foi publicada pela primeira vez em junho de 1960, o autor do roteiro é desconhecido e os desenhos são do sempre ótimo americano Jack Bradbury, (nascido em 27 de dezembro de 1914 e falecido em 15 de maio de 2004).
esta história que tem como protagonistas Tico e Teco e ainda conta com a presença de Bambi, João Honesto e Zé Grandão.
 Foi publicada no Brasil somente duas vezes. Primeiro na revista Zé Carioca #619 de 17 de setembro de 1963 e longos dez  anos depois no Disney Especial #6 de 1973.
"Um Grilo na Inglaterra" (Out to Launch no original inglês), foi publicada pela primeira vez em maio de 1959, tem roteiro de Carl Fallberg (nascido em 11 de setembro de 1915 e falecido e 9 de maio de 1996, nome completo deste roteirista: Carl Robert Fallberg).
Os desenhos do americano Al Hubbard (já comentado neste post).
O Grilo Falante ou Jimmy Cricket em uma aventura de 10 páginas.
Foi publicada no Brasil três vezes, primeiro em O Pato Donald #451 de 28 de junho de 1960 com o título; "Na Calma da Inglaterra", saiu também no Disney Especial #6 e no final dos anos 80, no Grande Almanaque de Férias de 5 de janeiro de 1987.
"A Ursa Borralheira" (Cinderella Bear no original inglês), foi publicada  pela primeira vez em 17 de outubro de 1965 com roteiro do americano George Davie e desenhos de Al Hubbard.
Esta é mais uma das histórias do Coelho Quincas, apresentando ainda Dona Gambá, joão Honesto, Mabel, Neco Ati, Ursolina, Zé Grandão, Zé Toupeira e Zé Veloz.
Foi publicada no Brasil somente duas vezes, em Mickey #157 de novembro de 1965 e no Disney Especial #6.
"Nosso Barco, Nossa Alma" ou "O Tesouro da Ilha" (Bucky Bug), foi publicada pela primeira vez em fevereiro de 1949.
Roteiro e desenhos de autores desconhecidos segundo o Inducks.
Foi publicada no Brasil em o Pato Donald #152 de 5 de outubro de 1954, No Disney Especial #6 e no começo dos anos noventa na revista Disneylândia #11 de janeiro de 1991.
"Coisas  do Amadeu" foi publicada pela primeira vez em 6 de abril de 1956, com roteiro de Bill Walsh e desenho de Floyd Gottfredson.
Mickey, Pateta e Amadeu em histórias curtas e engraçadas de apenas uma página.
Foi Publicada no Brasil pela primeira vez em O Pato Donald #281 de 26 de março de 1957 e nesta Edição do Disney Especial #6.
"O Conto do Mel Instantâneo" (Instant lasses no original inglês), foi publicada pela primeira vez em 11 de abril de 1965, com roteiro de George Davie e desenhos de Al Hubbard. O Coelho Quincas e vários personagens do seu universo em mais uma história divertida.
Foi publicada no Brasil em Zé Carioca #727 de 12 de outubro de 1965 e no Disney Especial #6.
"O Músico" foi publicada pela primeira vez em 27 de junho de 1954, com roteiro de Bill Walsh e desenhos do espanhol Manuel Gonzales (nascido em 3 de março de 1913 e falecido em 31 de março de 1993 em Los Angeles Califórnia).
Esta história com Mickey, Pateta e Amadeu, foi publicada no Brasil em O Pato Donald #199 de 30 de agosto de 1955 com o título: "A Música Era outra" e no Disney Especial #6.
"Exibições de Ciclismo" (Cycle Show-Off no original inglês) foi publicada pela primeira vez em setembro de 1959.
Roteiro de autor desconhecido e desenhos de Al Hubbard.
Bongo e Queixada nessa histórinha de 4 páginas.
No Brasil foi publicada em O Pato Donald #448 de 7 de junho de 1960 e no Disney Especial #6.
"O Defensor", foi publicada pela primeira vez em 25 de março de 1951, mais uma historinha de uma página envolvendo Amadeu, Mickey e Pateta. 
O Roteiro de Bill Walsh e desenhos de Manuel Gonzales.
No Brasil foi publicada somente duas vezes, em O Pato Donald #58 de 16 de dezembro de 1952 e no Disney Especial #6.
"Nas Corridas" (Bucky Bug), foi publicada pela primeira vez em julho de 1948, o roteiro é de autor desconhecido e os desenhos são de Ralph Heimdahl.
No Brasil foi publicada somente duas vezes, na edição #27 do Mickey de dezembro de 1954 e no Disney Especial #6.
"O Espertinho", foi publicada pela primeira vez em 30 de dezembro de 1956.
Mickey, Amadeu e Pateta juntos novamente numa historinha de uma página com roteiro de de Bill Walsh e desenhos de Manuel Gonzales.
No Brasil "O Espertinho" foi publicada em três oportunidades. A primeira vez saiu em O Pato Donald #291 de 4 de junho de 1957, em 1973  saiu no Disney Especial #6 e a última vez que saiu no Brasil foi na revista já extinta Aventuras Disney #43 de fevereiro de 2009.
"Competição Na Floresta" (The Swampfolk's Olympics no original inglês) foi publicada pela primeira vez em 23 de agosto de 1964 com roteiro de autor ignorado e desenhos de Phil De Lara, desenhista americano falecido em 1973.
Coelho Quincas, João Honesto, Mabel, Zé Grandão, Zé Veloz nesta aventura que saiu no Brasil apenas duas vezes, no Zé Carioca #675 de 13 de outubro de 1964 e no começo dos anos 70 no Disney Especial #6.
"O Ingrato" foi publicada pela primeira vez em 17 de fevereiro de 1957 com roteiro de Bill Walsh e desenhos do espanhol Manuel Gonzales.
Mais uma vez Mickey, Amadeu e Pateta numa curta historinha de uma página.
Publicada no Brasil em Mickey #64 de janeiro de 1958 e no Disney Especial #6.
E pra fechar a edição de Os Inesquecíveis, você  confere agora a história chamada: "O Tesouro Perdido Na Montanha" (The Lost Treasure of Bleachbone Mountains no original inglês), foi publicada pela primeira vez em junho de 1963, com roteiro de Carl Fallberg, desenhos do americano Tony Strobl (Anthony Joseph Strobl, nascido em Cleveland, Ohio em 12 de maio de 1915 e falecido na cidade de Northridge na Califórnia em 29 de dezembro de 1991), e arte-final do americano John Liggera (Giovanni Francesco Liggera, nascido em 1913 e falecido em 1972).
Esta aventura envolvendo Donald, sobrinhos e Prof. Ludovico foi publicada no Brasil somente duas vezes. Na revista do Zé Carioca #639 de 4 de fevereiro de 1964 e neste Disney Especial #6 que eu apresentei pra você hoje.
Muito bem, fechei mais uma postagem que foi bastante exaustiva, pela enorme quantidade de dados captados do Inducks.
Espero que você tenha gostado desta postagem e que tenha lhe trazido muitas informações sobre esta bela edição, um clássico raro na coleção de qualquer colecionador Disney.
Curiosidades:
O nome completo do Esquálidus é PITISBORUM PISTACHI PSERSIMOM PLUMERINDUS,PUF.
Você percebeu que praticamente todos os roteiristas, desenhistas e arte-finalistas que fazem parte desta edição já "partiram desta estação num trem de prata rumo ao céu azul"? (trecho de um Blues meu).
Esta postagem é dedicada ao amigo Edgar Tchaikovski que me presenteou com esta edição dos Inesquecíveis, pelo qual sou extremamente grato.
Fonte: Disney Especial #6 - Os Inesquecíveis, acervo pessoal, imagens do Universo Disney blog digitalizadas da revista, demais informações retiradas do Inducks Brasil do talentoso Fernando Ventura.
Todas às imagens e informações desta postagem são meramente para entretenimento e divulgação dos quadrinhos Disney. Este blog não tem nenhum fim lucrativo e nem de comercialização. Todos os direitos pertencem a Editora Abril e Disney.

15 comentários:

Paulo Gibi disse...

Oi Ludy, esse Disney Especial nº6, Os Inesquecíveis é uma raridade mesmo. Vivo procurando um para a minha coleção. Considero que esse gibi, e a edição extra "Festival Disney - Mickey On Parade" são os mais raros e difíceis de encontrar. Parabéns pelo exemplar, e pela postagem excelente e completa. Amigo, recebi o selo homenageando meu bloguinho, do amigo D@nil.B e indiquei seu blog em primeiro lugar na minha lista de 3 de preferência. Veja a matéria sobre o selo, lá no meu blog, e se você quiser dar continuidade, é só seguir as diretrizes que estão por lá. Abraços. Paulo

sergiokid disse...

Amigo Ludy, vc acredita que consegui comprar essa preciosidade por menos de 20 reais, e o festival disney on parade que o Paulo falou no comentário acima saiu por 3 reais, +-.

O pior de tudo... Nunca li nenhum dos 2 AINDA

Belo post esse...

Ludy disse...

Paulo tudo beleza amigo. obrigado pelo comentário. Eu vi o selo no seu blog. Fico muito contente com a sua lembrança Paulo, mas eu não posso aceitar por que acabaria magoando outros amigos que me ofereceram e eu recusei. Não é uma recusa esnobe, ou de qualquer outra forma ofensiva pois não sou assim, só que eu não desejo ter selos no blog, pelo menos não por enquanto. Fico contente e feliz e me sinto honrado de qualquer forma com a lembrança. Obrigado amigo por lembrar de mim.

Ludy disse...

Oi Sergio Kid que prazer em te ter aqui no blog de novo, tudo certinho com você? Em breve começam a chegar suas encomendas Hein?
Isso é o que eu chamo de sorte Sergio, no lugar certo na hora certa né?
Eu procuro essa edição do Festival Disney On parade há muito tempo e não encontro e você pegou essa beleza por apenas 3 reais que maravilha!!!!
Obrigado pelo comentário amigo até a próxima.

Paulo Gibi disse...

Olá Ludy, quanto ao selo tudo certo então, deixa assim como está. Da minha parte não tem problema nenhum, era só uma bricadeira, e como recebi do amigo D@nil.B, entrei na brincadeira para repassar aos amigos. Ao amigo Sérgio, que sorte conseguir dois dos gibis mais raros e por preço bom. Parabéns. Boa semana a todos. Abs. Paulo

sergiokid disse...

Ludy, eu tenho 2 delas (2 do disney especial inesqueciveis tb). Digamos que uma delas é um backup... se um dia (ainda não é agora, rsrs) eu achar que as 2 são demais mando pra ti ok, sei que vc cuidará bem delas tb. Abração

Ludy disse...

Paulo, obrigado por compreender minha posição. Não foi de maneira nenhuma uma atitude arrogante, você sabe disso, apenas não desejo ter selos no blog, quem sabe no futuro eu aceite essa novidade que não deixa de ser nobre, pelo fato de premiar e lembrar de alguma forma os amigos blogueiros. Abração amigo Paulo.

Ludy disse...

Sergio, desde agora já estou com a redoma de vidro (similar a do Tio Patinhas com a número 1)esperando por essa jóia, tenho certeza que num belo dia ao amanhecer, com o sol brilhando na janela do seu quarto e passarinhos cantando no lindo quintal de sua casa, você perceberá que comigo esta edição On Parede estará feliz junto com outras amigas que estão em suas devidas redomas e são lidas com luvas brancas imaculadamente limpas rsrsrsrsrsrsrs.
Meu amigo Sergio acredito com ardorosa fé que dentro de uns anos você envia essa linda edição pra mim e o seu retorno também pode ser muito generoso rsrsrsrsrs. Abração amigo e obrigado por apontar uma "nesga" de Luz no final do tunel.

Macgaren disse...

Realmente é legal quando encontramos alguma edição rara que queremos muito, mas essa edição em especial não me interessa. Na verdade esses personagens eram exatamente os que eu pulava quando aparecia algo deles nos Almanaque Disney/Disney especial da vida.Sei lá. nunca vi muita graça em Buck, Banzé e similares.
Abraços.

sergiokid disse...

Comprei a última edição que me faltava de disney especial (176-os apaixonados) semana passada... 35 reais, de graça. Qdo for em casa no carnaval ai sim vestirei a luva para poder tirá-la do envelope...

Antonio Tadeu disse...

Disney Especial "Os Inesquecíveis" é o melhor entre os melhores de toda a série.
Rogo para que um dia a Editora Abril republique, pois , infelizmente não o possuo.
Se alguém se dispuser a vender, entre em contato; pago até R$ 50,00.

Ludy disse...

Entendo você Mac. Esta edição para mim tem um valor sentimental nem tanto pelas histórias que ela contém, porque ali tem personagens que também nunca me cativaram. Mas esta edição específiva tem pra mim um valor por um fato que aconteceu na minha vida que eu já contei há algum tempo atrás lá na comunidade dos quadrinhos no Orkut, talvez você lembre disso.
Embora essa edição tenha uma história muito show que já vale a edição aquela do Esquálidus, justamente a história que fez com que não voltasse a ser reeditado (acho que por ser tão longa com mais de 120 páginas).
Valeu pelo comentário Mac.

Ludy disse...

Parabéns Sergio pela bela aquisição. Coleção Disney Especial completa que show parabéns amigo.

Ludy disse...

E aí Antonio tudo beleza com você. Espero que consiga encontra a sua edição.
Vi que no Mercado Livre tem uma edição a venda por 70,00 reais, dá uma olhada lá: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-156679147-disney-especial-n-6-os-inesqueciveis-raro-em-bom-estado-_JM
Não sei se vale a pena, tem que ver com todo o cuidado e atenção para não ser enganado.
Obrigado pelo comentário.

andre disse...

passei um bom tempo de minha vida colecionando gibis disney.disney especial,tinha todos com excessao deste e os bandidos.no meio da decada de 80,por varias razoes me desfiz de todos.a algum tempo atras,adquiri os bandidos,e os inesqueciveis baixei em pdf.tambem tinha muitos do tio patinhas,ed.extra,alm.disney e por ai vai.sinto falta deles e me arrependi,mas a vida...de vez em quando vejo alguns em sebos daqui mas n me animo a comprar,ou estao muito velhos ou geralmente sao reediçao-que eu n gosto.os dois citados acima adquiri mas como valor simbolico.hoje em dia tem o big disney,mas n me empolguei.bom,felicidades pra vc,e para o blog.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails