domingo, 14 de março de 2010

Manuais Disney: Parte dois

MANUAL

SEGUNDA PARTE
Magirama - Manual de Mágicas é um livro infantil publicado pela Editora Abril em 1975. A obra reúne um grande número de truques mágicos com cartas, números e pequenos objetos, instruções de jogos de paciência, regras de xadrez, brincadeiras de salão, definições astrológicas e adivinhações.
É a versão brasileira do Manuale di Paperinik italiano e sua ilustração de capa corresponde à do Magirama des Castors Juniors francês.
Concebido como uma seqüência temática ao Manuale delle Giovani Marmotte (cuja versão brasileira foi o Manual do Escoteiro-Mirim), o Manuale di Paperinik se distingue do modelo original ao adotar uma distribuição temática dos artigos. A tendência foi acompanhada, ainda que não tão rigorosamente, no Magirama.
As ilustrações, creditadas (não na versão brasileira) a Giovan Battista Carpi e Danilo Pecchioni, dão ao Magirama um lugar de destaque entre os manuais Disney. Reúnem um grande elenco de personagens Disney de quadrinhos e desenhos, incluindo várias referências a longa-metragens animados clássicos como A Espada Era a Lei, Bambi e Aristogatas.
Enquanto o original italiano era dedicado ao Superpato, o Magirama retirou todas as referências ao super-herói. As máscaras foram apagadas e os elementos do super-uniforme foram substituídas pelos trajes comuns do Pato Donald ou por uma roupa de mágico genérica.
A maior parte do conteúdo do Magirama foi reaproveitada no Supermanual do Escoteiro-Mirim, na Biblioteca do Escoteiro-Mirim e na coleção Manuais Disney (Nova Cultural).

2º Manual do Escoteiro-Mirim , foi editado pela Abril em 1976. É uma seqüência do Manual do Escoteiro-Mirim (1971) com material inédito, mas seguindo o modelo de informações variadas de interesse da criança. A obra não foi reeditada, mas a maior parte de seu conteúdo foi reaproveitado no Supermanual do Escoteiro-Mirim, na Biblioteca do Escoteiro-Mirim e na coleção Manuais Disney (Nova Cultural).
As ilustrações de Giovan Battista Carpi têm um estilo distintamente mais ágil e contemporâneo em relação ao Manual do Escoteiro-Mirim original.
Em face da crítica frequente à falta de adequação do conteúdo ao leitor brasileiro, o 2º Manual passou por um extenso processo de regionalização de texto e arte nos artigos aplicáveis. Em particular, as seções sobre árvores, aves e peixes ornamentais se referem a espécies brasileiras.
Relativamente a outros manuais Disney brasileiros, exemplares do 2º Manual são muito escassos atualmente. São valorizados pelos entusiastas por seus elementos singulares, como a lista de peixes ornamentais (diferente da publicada no Supermanual do Escoteiro-Mirim) e o resumo do I Ching no encerramento da obra. Em 1976 referências ao I Ching eram pouco comuns em publicações não-especializadas e virtualmente inexistentes em livros infantis, o que ressalta o pioneirismo do 2º Manual. O artigo do I Ching nunca mais seria republicado.
Manual do Tio Patinhas , teve uma reedição atualizada em 1976. A maior parte de seu conteúdo foi reaproveitado na Biblioteca do Escoteiro-Mirim e na coleção Manuais Disney (Nova Cultural).

Autorama (Manual do Automóvel) é um manual Disney lançado pela Editora Abril em 1976. A maior parte de seu conteúdo foi aproveitada na Biblioteca do Escoteiro-Mirim.
Manual da Vovó Donalda, lançado pela Editora Abril em 1977. Dedicado à culinária, a obra reúne uma série de receitas divididas por categorias, alternadas com diversões correlatas e artigos sobre a história da culinária.

O Manual da Vovó Donalda se distingue dos demais manuais Disney por explorar uma metalinguagem singular: os principais personagens Disney se reúnem no sítio da Vovó Donalda numa espécie de oficina gastronômica com vista à criação do próprio livro que o leitor tem em mãos.
A edição brasileira foi vertida de um original italiano ao qual foi adicionada uma seção específica de cozinha brasileira.
A maior parte do conteúdo do manual foi reaproveitada na Biblioteca do Escoteiro-Mirim. Foi publicado um volume de mesmo título, com conteúdo reduzido, na coleção Manuais Disney (Nova Cultural).

Manual do Zé Carioca, foi lançado pela Abril originalmente em 1974, por ocasião da primeira Copa do Mundo da Alemanha.
A obra teve edições revistas e atualizadas em 1978 e (sob o título Manual da Copa do Mundo, com capas diferentes) em 1982 e 1986. A edição de 1978 foi a última de um manual Disney da série clássica em capa dura.
A maior parte de seu conteúdo foi reaproveitado na Biblioteca do Escoteiro-Mirim e na coleção Manuais Disney (Nova Cultural).

O Manual do Escoteiro-Mirim, terçeira edição versão brasileira do Manuale delle Giovani Marmotte, foi lançado originalmente pela Editora Abril em 13 de julho de 1971.
O sucesso do Manual do Escoteiro-Mirim deu origem a duas reedições (1971 e 1978) e à série brasileira de manuais Disney, começando pelo Manual do Tio Patinhas (1972). Teve uma sequência também baseada no original italiano, o 2º Manual do Escoteiro-Mirim (1976).
A edição de 1978 foi a primeira da série clássica dos manuais Disney publicada em brochura. Manual dos Jogos Olímpicos, foi publicado pela Editora Abril em 1980. Como parte da série de Manuais Disney, a obra tem Pateta como personagem principal e reúne informações sobre a origem dos Jogos Olímpicos na Antiguidade clássica, descrições das modalidades esportivas em disputa e um panorama histórico de cada um dos Jogos da era moderna. Foi lançado por ocasião dos Jogos Olímpicos de Moscou. A maior parte de seu conteúdo foi aproveitado na Biblioteca do Escoteiro-Mirim e na coleção Manuais Disney (Nova Cultural). Em 1992 foi lançada uma segunda edição, com capa diferente e conteúdo atualizado, relativa aos Jogos de Barcelona.

Manual do Zé Carioca (Copa do Mundo) foi lançado pela Abril originalmente em 1974, por ocasião da primeira Copa do Mundo da Alemanha.
A obra teve edições revistas e atualizadas em 1978 e (sob o título Manual da Copa do Mundo, com capas diferentes) em 1982 e 1986.


Manual da Televisão, lançado pela Abril (sob o selo Livros Abril) originalmente em 1982.
Foi o último dos manuais Disney originais da série clássica (os seguintes foram edições revistas de manuais dos anos 70).


Manual dos Jogos Olímpicos (Segunda edição)

Supermanual do Escoteiro-Mirim, publicado pela Editora Abril em 1980. Reúne a maior parte do conteúdo de três manuais Disney publicados anteriormente:
Manual do Escoteiro-Mirim (1971)
Magirama (Manual de Mágicas) (1975)
2º Manual do Escoteiro-Mirim (1976)
A obra é apresentada numa edição de luxo, com sobrecapa plástica com cadeado (as últimas páginas, pautadas, eram destinadas ao "Diário Secreto"), e tinha como brinde uma bússola de pulso. Fonte: Wikipédia e Inducks Brasil.

3 comentários:

Paulo Gibi disse...

Os manuais são muito interessantes e marcam uma época em que não existia internet, e as informações não estavam tão disponíveis, como hoje. Aprendi muitas coisas lendo os manuais que passaram pelas minhas mãos. Fico sempre de olho por uma boa oferta de manual Disney, e é bem difícil de achar, né? Abraço. Paulo Augusto.

Ludy disse...

Paulão eu também li muito esses manuais da Disney e tive muitos deles em minhas mãos e hoje em dia também estou a procura, embora muitas daquelas informações tenham se tornado obsoletas com o passar do tempo.

Bia disse...

Ainda tenho o meu Supermanual, sem a fechadura e a chave... e é claro, com a bússola. Adoro pega-los de vez em quando e lembrar de minha infância.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails