terça-feira, 16 de março de 2010

Duck Tales: Parte 1

DuckTales (Duck Tales, Os Caçadores de Aventuras (título no Brasil) ou Patoaventuras (título em Portugal)) é o seriado de animação de maior sucesso dos estúdios de Walt Disney, produzido entre 1987 e 1990. Era inspirada nas séries de quadrinhos Disney produzidas, em sua maior parte, por Carl Barks e Romano Scarpa, Jymn magon e Fred Woolf. Foi a série de maior duração já produzida pela Disney, totalizando 100 episódios. Além da série também foi produzido um longa metragem, intitulado "Duck Tales e o Tesouro da Lâmpada Perdida", lançado em 1990, logo após o término da série. O episódio-piloto foi exibido nos Estados Unidos em 11 de setembro de 1987. A série foi transmitida originalmente no Brasil entre os anos de 1988 e 1996 pela emissora SBT, com a dublagem feita na Herbert Richers para a TV, dublagem pela qual a série se tornou mais conhecida no país. Também foi exibida nos canais de TV a cabo Disney Weekend e Disney Channel. A partir de 13 de abril de 2009, a série animada volta a ser exibida na Rede Globo, no programa infantil TV Globinho. Em Portugal, estreou em 1988, na RTP. Em 1991 voltou a repetir no Clube Disney na versão original com legendas em português. De 2002 a 2005 passou no Disney Channel, mas dublada em português. Em 2008 é repetido no Disney Cinemagic. História
A maioria dos episódios gira em torno do nada monótono cotidiano do Tio Patinhas, sempre envolvendo sua família, seus amigos e é claro, seus inimigos. Os episódios tem histórias das mais variadas, geralmente envolvendo viagens para todos os cantos do mundo, conhecendo outros povos, civilizações, fazendo novos amigos (e inimigos), procurando relíquias e tesouros lendários, disputando competições, desvendando mistérios e até viajando no tempo. Quando não estão viajando, os personagens se aventuram dentro da agitada cidade de Patópolis, onde vivem. O seriado remete em muitas vezes as aventuras de Indiana Jones principalmente pelo espírito de aventureiro do Tio Patinhas, lembrar em muito o famoso arqueólogo vivido por Harrison Ford.
Personagens
Amigos
Tio Patinhas - O pato mais rico do mundo. Possui um gigantesco império financeiro cujas matrizes estão na cidade americana e (fictícia) de Patópolis. Vivia sozinho numa grande mansão, até que seu sobrinho Donald decidiu servir a Marinha e deixar Huguinho, Zezinho e Luisinho aos cuidados dele. Patinhas está sempre a procura de formas de aumentar e preservar a sua fortuna, procurando tesouros perdidos e fazendo negócios. Se há algo que lhe agrade mais que dinheiro é a família.
Huguinho, Zezinho e Luizinho - Sobrinhos de Patinhas, são três gemeos espertos que vivem com Patinhas. São ótimos Escoteiros-mirins, sempre recorrendo ao manual em caso de grande necessidade, o que ocorre com frequência nas aventuras com seus tios.
Huguinho - É normalmente o líder. A sua cor é o vermelho.
Zezinho - É o mais esperto. A sua cor é o azul.
Luizinho - É o mais criativo. A sua cor é o verde.
Leopoldo - Mordomo de Patinhas. Trabalha na mansão desde muito antes de chegarem os sobrinhos e é ele que faz normalmente o trabalho doméstico.As vezes não gosta dos meninos
Madame Patilda - Ama das crianças e empregada doméstica de Patinhas. Foi contratada para cuidar dos sobrinhos no 3º episódio, indo morar na Mansão Patinhas junto com sua neta, Patrícia. Gosta muito de cantar.
Patrícia - Neta de Patilda, é uma criança adorável. Gosta de fazer festas de chá e brincar com bonecas. É esperta, ingênua e educada, gosta de animais e os seus únicos amigos são os sobrinhos de Patinhas e Asnésio.
Capitão Bóing - Piloto de Patinhas, ao contrário da maioria dos personagens, ele não é um pato, e sim um pelicano. É um jovem piloto e aventureiro, adora pilotar, mas normalmente acaba destruindo os aviões. Também é o chefe dos Escoteiros-Mirins.
Asnésio - É um amigo de Huguinho, Zezinho e Luisinho, e companheiro deles nos Escoteiros-Mirins de Patópolis. Usa óculos, é gordinho e um pato desajeitado, porém seu bom coração supera todos os seus defeitos. Em um dos episódios, se transforma no Super Asnésio. Em outro episódio, consegue triunfar no beisebol pensando que a bola é um doce de padaria. É o melhor amigo do Capitão Bóing.
Professor Pardal - Inventor. Costuma construir invenções que ajudem Patinhas nas suas caças ao tesouro, mas que muitas vezes acabam arranjando mais confusão ainda. Ele tem como companheiro um pequenino robô inventado por ele mesmo, chamado Lampadinha.
Pato Donald - Sobrinho. Aparece apenas em alguns episódios da série. Como teve de ir servir à Marinha, deixou a guarda dos seus três sobrinhos com o Patinhas. Em alguns episódios, vemos como é a vida de Donald na Marinha, geralmente seu Almirante o coloca para limpar o navio e os demais marinheiros não entendem o que Donald fala. Os sobrinhos e Donald tem uma relação de grande amizade, ao contrário dos desenhos antigos de Donald, onde os sobrinhos aprontavam com Donald. Aparece apenas na 1ª temporada.
Gastão - Sobrinho. O pato mais sortudo do mundo aparece em alguns episódios. Aparece apenas na 1ª temporada.
Patralhão- Contador de Patinhas que possui a identidade secreta de Robopato/Gizmo Pato, um super herói de Patópolis, numa sátira ao Robocop. A palavra secreta para se transformar em Robopato era "Baboseira". Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
Sra. Crackshell - Mãe de Patralhão. É preguiçosa e a única coisa que faz é ver TV. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
Bubba - Pato das cavernas. Encontrou-se com Patinhas quando ele visitou a idade da pedra. Decidiu viver com Patinhas no futuro, pois não gostava de viver no passado. Levou junto com ele seu dinossauro de estimação, Dedão. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
Duke Tales reúne as melhores intenções da Disney em criar uma série animada de televisão de alta qualidade e para isso ela investiu grandes somas de dinheiro nessa produção, o que foi considerado por muitos, como um investimento muito arriscado, haja visto que as série animadas de televisão, geralmente tem um baixo retorno. A maior parte dos episódios foram animadas com companhias asiáticas como a Cuckoo´s Nest Studios, Wang Film Ltd., e Tolyo Movie Shinsha.

Com todo esse investimento, DuckeTales acabou se tornando uma das melhores apostas vencedoras da década de 80. O estúdio apostou numa animação de qualidade, conceito esse que funcionava muito bem com as séries de ação, mas que ainda não haviam sido testadas em desenhos animados.

No próximo post... os inimigos, curiosidades e muito mais na segunda parte de: DUCK TALES, OS CAÇADORES DE AVENTURAS
Fonte: Wikipédia e sites Disney na Rede.

4 comentários:

BLOG DO XANDRO ® disse...

Séria tão bom se o filme passace na globo,naum?!:P

Ludy disse...

fala Xandrão. Tudo beleza amigão. Eu concordo contigo seria muiiiito bom termos esses episódios retornando a TV. Pra mim nem importa se é na Globo ou em outro canal, o importante que reprisem de novo essas perolas da Disney.

Paulo Gibi disse...

Ludy, gosto de Duck Tales em quadrinhos, mais do que no desenho animado. É que eu gosto mais de quadrinhos... Aceito bem todos os personagens desse grupo, mas gostaria de ver o Donald junto com eles nas aventuras... Abraço. Paulo Augusto.

Ludy disse...

É isso Paulo sem o Donald ali, fica faltando algo, uma "pegada" legal. Embora o Boing tenha o papel do Donald. Com certeza o Donald e milhões de vezes mais carismático que o pelicano.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails