terça-feira, 13 de julho de 2010

Série: Melhores de Carl Barks - Um Milhão de Omeletes - 1952

Omelete  ou Um Milhão de Omeletes, saiu originalmente na revista WDCS146  - Escrita e desenhada por Barks em maio de 1952.
Sinopse:
Nos 60 anos do Donald no Brasil, você vai conferir mais uma daquelas engraçadas histórias que o Donald protagoniza acompanhado dos três patinhos mais espertos do universo Disney.
Donald, Margarida e os sobrinhos, estão em viagem e terão que passar por dentro de uma pequena cidade chamada Omelete. Os meninos ficam apreensivos diante da possibilidade de voltar a esta cidade, e Donald entrega disfarces a cada um dos sobrinhos, dizendo que assim eles estarão seguros. Margarida questiona Donald sobre o que está acontecendo. Donald decide contar a história detalhada dessa cidade de nome estranho para Margarida. Tudo havia começado um ano antes, quando Donald e os sobrinhos alugaram uma granja no alto do morro mais alto da cidade para criar galinhas. pra começar o nome da cidade era Vale Feliz, mas...(resumo da ópera),  acontecem tantas coisas no decorrer dessa história,(e todas  relacionadas a criação de galinhas do Donald) que a cidade passa a se chamar Omelete.
Essa história eu não quero detalhar muito porque essa você tem que ler e se divertir com as gags engraçadas criadas por Carl Barks. Os patos tornam-se criadores de frango, mas não é assim tão fácil de ganhar a vida, principalmente quando um milhão de ovos rolam morro abaixo e tranformam uma linda cidade num rio de claras e gemas de ovos.

 Comentários:
Texto integral extraido da página 177 de O Melhor da Disney #27, texto de Marcelo Alencar.
Em duas entrevistas, uma gravada em 1980 e outra em 1994, O Homem dos Patos admitiu que "Um Milhão de Omeletes está entre suas criações favoritas. A narrativa faz troça das dificuldades enfrentadas no dia-a-dia pelos  criadores de galinha". Não custa lembrar que Barks redigiu o roteiro com conhecimento de causa.

 Em 1942, o artista havia trocado a segurança do emprego fixo no departamento de criação dos Estúdios Disney, no qual recebia 100 dólares por semana (mas sofria com crises de sinusite, agravada pelo aparelho de ar-condicionado), pela atividade incerta de granjeiro. "O único jeito que eu achei de sobreviver foi criando galinhas. Não dava para plantar um pomar e esperar ganhos imediatos.(...) Naqueles anos de guerra, eu sabia que o país ia precisar de ovos. (...) Mas o negócio não durou, pois começei a fazer uma porção de gibis e não tive tempo para cuidar daquelas penosas", contou Barks ao jornalista e escritor Paul Ciotti em 1972.

comentários Barks :
Das minhas histórias de 10 paginas , a história que eu mais gosto é aquela em que Donald tem uma granja e pilhas de ovos tão alto que, quando um terremoto sacode tudo por perto eles se soltam cobrem a cidade no vale e tem que ser queimado, transformando-se num omelete de um milhão de ovos.
Essa história saiu no Brasil nas seguintes edições com respectivas capas abaixo.
O Pato Donald #110 (1953) A História De Omelete City
Tio Patinhas #66 (1971) Um Milhão De Omeletes
Disney Especial #53 (1980) idem
Disney Especial Reedição #48 (1988) idem
O Pato Donald 50 Anos da Revista #1 (2000) idem
O Melhor da Disney #27 (2007) idem
Veja aqui  todas as edições pelo mundo onde essa história de Carl Barks já foi editada.

Fonte: Inducks e O Melhor da Disney #27 (mais texto de Marcelo Alencar)

2 comentários:

D@nil.B disse...

Essa HQ é mesmo uma das melhores do mestre Barks!
E aproveitando: Muito obrigado por ter deixado meu banner em 1º lugar do Parceiros Legais!

Ludy disse...

Não parecisa agradecer amigo. Ecologia é um assunto de suma importância para o futuro e saúde do nosso planeta. Um abraço e pode contar com o meu apoio na divulgação do teu blog.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails