domingo, 24 de janeiro de 2010

A cidade dos Patos.



PATÓPOLIS

Hoje eu vou contar pra você, de uma forma sucinta e pragmática, a história dessa bela e aprazível cidade. E vou começar pegando emprestado de Marcus Ramone lá do Universo HQ, a abertura do texto que ele fez em 2003 Chamado: "A História de Patópolis". Meu Texto vai ser apenas um (aperitívo, uma "entrada", para depois você degustar um "manjar dos deuses" com o saboroso texto do Ramone), Vamos a essa abertura e depois eu assumo o comando da nave.

"Muitos podem não saber, mas, nos Estado Unidos, os personagens Disney moram em duas cidades distintas. Mickey e os coadjuvantes habituais de suas histórias (Pateta, Minnie, Clarabela, Horácio e outros), vivem em Mousetown, algo como Ratópolis. Já Donald e os demais vivem em Ducksburg (Patópolis).

O mesmo acontece na França, onde eles se dividem entre as cidades de Mickeyville e Donaldville. Na Itália, Topolinia, cujo nome faz referência ao Mickey (Topolino, em italiano), é a cidade dos ratos; e Paperopoli é onde vivem os patos". Marcus Ramone, Universo HQ.

Ok...Depois dessa introdução da abertura de um texto do Universo HQ. Começo eu, a contar a história de Patópolis com pesquisas aqui e ali. A Wikipédia traz muitas informações. Vamos a ela.

Patópolis (Duckburg no original inglês), cidade fictícia criada pelo Mestre Disney Carl Barks. Originalmente cidade onde vivem, Tio Patinhas, Pato Donald, Huguinho, Zezinho, Luisinho, Margarida e a maioria dos coadjuvantes. A primeira menção a Patópolis foi feita em 1944, numa história de seu criador Barks e saiu na edição 49 de: Walt Disney's Comics and Stories.

Segundo a wikipédia. Patópolis é uma cidade de porte médio (mas em muitas histórias, já aparece como uma metrópole), Situada em Calisota um estado fictício dos Estados Unidos. Mais recentemente, nas histórias de Don Rosa, Patópolis se situa especificamente na costa oeste dos Estados Unidos. Mas outros autores são vagos ao definir a localização da cidade.

Suas cidades vizinhas, também localizadas em Calisota, são Gansópolis (na minha cabeça, essa cidade é bem pequena e interiorana), que tem rivalidade com Patópolis, e Saint Canard (lar de Darkwing Duck), Saint Canard fica do outro lado da Baía de Audubom e é ligada a Patópolis por uma ponte. Apesar de ser representada por grandes arranha-céus é considerada de menos importância que Patópolis.

Patópolis é povoada por vários animais "antropomorfos". Patos, cães e Porcos são as espécies dominantes. Nas histórias, o prefeito da cidade é o prefeito Leitão (Pig Mayor, no original).

O cidadão mais destacado de Patópolis é Patinhas Mac Patinhas, o pato mais rico do mundo. E Patópolis é a sede do seu império empresarial mundial, e muitos dos negócios de Patópolis pertencem a Patinhas. ele é também dono da "A Patada" o maior jornal da cidade. Onde o próprio Tio patinhas, assume em inúmeras ocasiões o posto de redator-chefe, e também trabalham em algumas histórias, Donald e (esse figurão ai do lado), Peninha, como os repórteres mais doidos e atrapalhados que uma redação já teve.

O mais importante monumento da cidade é a caixa-forte (já falei dela em outro post aqui no Universo Disney), um enorme edifício fortificado e localizado no centro de Patópolis, no topo do Morro Mata-Motor (antigamente chamado Morro mata-mula), a caixa-forte contém os escritórios de Patinhas e três acres cúbicos de dinheiro, resultado de uma vida inteira de negócios e aventuras de busca a tesouros.

Outro monumento que aparece em muitas histórias, é uma grande estátua do fundador de Patópolis, Cornélius Patus.

Patópolis também é a sede do Clube Dos Bilionários, uma associação de ricos homens de negócios.

Os Escoteiros-mirins também tem sua sede em Patópolis com Huguinho, Zezinho e Luisinho como Generais e membros relevantes da organização.Muito do que você está lendo nesse post, foi criado por esse gênio aí de cima.

CARL BARKS

Don Rosa, pegou carona com os Patos, e acrescentou muita coisa em Patópolis. Deixando ainda mais rico esse Universo Disney.

Patópolis também conta com um porto marítimo e a cidade fica próxima a várias montanhas. Nos arredores de Patópolis, fica o sítio da Vovó Donalda. Avó do Pato Donald por parte de pai.

Segundo a versão brasileira padrão, Mickey, Minnie, Pateta e seus amigos também vivem em Patópolis, ao contrário do original dos Estados Unidos, onde estes moram em uma cidade também do estado de Calisota, chamada Mousetown e que torna o Coronel Cintra o chefe de polícia local.

Vários roteiristas, tendo à frente Carl Barks e Don Rosa, contribuíram com os elementos da longa história de Patópolis. Tudo começou com a construção de um forte no século 16 pelo explorador britânico Sir Francis Drake ( um jogo de palavras com o sobrenome da figura histórica, que significa "pato macho"). No século 19 os ocupantes ingleses partiram e cederam o forte a Cornélius Patus. O desenvolvimento de Patópolis só se acelerou apartir da chegada de Patinhas Mac Patinhas, que lá construiu sua Caixa-Forte e estabeleceu vários negócios. O resto da história, você que é fã de quadrinhos Disney, já conhece muito bem. Várias revistas Disney já foram lançadas tendo como tema a cidade de Patópolis.

No Universo HQ em que também fiz pesquisas, encontrei um texto de 2003 que, já citei acima, fazendo referências a diversas revistas especiais (Disney Especial, é só um exemplo), inclusive fala da saga feita por artista brasileiros sobre a bela Patópolis. Vale muito a pena dar uma conferida nesse post do Universo HQ.

Até a próxima amigos Disney.

Fonte: Wikipédia, Universo HQ (introdução) e diversos sites Disney com informações e imagens dos personagens.

3 comentários:

Edição Extra Blog disse...

Eu achei a ideia do Barks de criar um ambiente para os patos genial, e mais ainda foi a sua ideia de homenageá-la!
Alguns artistas como Barks e Rosa deram tantos elementos à essa cidade que ela é, pra mim, uma cidade real! Qualquer dia dou uma volta por lá!

pauliti disse...

Por três vezes, Patópolis foi tema de "Disney Especial", além da boa série "Aventuras em Patópolis". Patópolis tem sua história, e é palco de grandes atuações dos nossos queridos personagens. As vezes imagino o Donald em sua casa, ouvindo os "trovões" na caixa-forte quando o Tio se desespera; ou os Metralhas no "Esconderijo Secreto", ou o laboratório do Prof. Pardal indo pelos ares com uma nova invenção. Patópolis é real mesmo, porque ela existe para nõs, os fãs Disney. Muito bom esse post, Ludy. Abraço. Paulo Augusto.

Ludy disse...

Amigos Matheus e Paulo Augusto. Vocês estão cobertos de razão, quando dizem que Patópolis existe. Sim existe, e é um lugar que sempre visito quando estou triste e preciso encontrar ânimo pra seguir em frente em determina situação. E existe também, quando desejo confraternizar com aqueles encantadores munícipes patopolenses.Patópolis existe a cada revista Disney que abro, e me encanto com uma bela história, feita pelos grandes roteiristas e desenhistas Disney. Um abração queridos amigos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails