sábado, 23 de janeiro de 2010

Mestres Disney

William Roger Van Horn "Bill"
Mestre Disney
William Van Horn

William Roger van Horn nasceu nos Estados Unidos em 15 de fevereiro de 1939. Formou-se aos vinte e dois anos, nos anos 60, mais precisamente em 1961, no "College of Arts and Crafts" - uma escola de artes e ofícios da Califórnia, graduou-se como Designer gráfico. No entanto sentiu-se atraído para a animação. Logo ele encontrou um trabalho na Imagination Inc. Em San Francisco. De 1965 à 1977 trabalhou como animador para a "Aesop Films, Imagination Inc."Empresa fundada por ele, além de outros pequenos estúdios de animação.

Após este início promissor, Bill como é conhecido pelos amigos, fãs e admiradores, teve que suspender sua carreira na animação, porque foi convocado para o serviço militar. Quando ele voltou para San Francisco em 1964 (45 anos atrás), primeiro trabalhou como designer gráfico para a Smith Company e fez trabalhos freelanced para vários estúdios de animação. Para Walter Landor Associates ele contribuiu com seis filmes entre 1965 e 1967, principalmente comerciais. Para a Empresa Animation Mills, ele fez oito filmes publicitários em 1966. Neste Estúdio teve a oportunidade de conhecer veteranos da Disney como John Freeman.

Em 1967 Van Horn conseguiu emprego em um estúdio onde permaneceu durante os próximos oito anos: Davidson Films Inc. Ele se tornou diretor de arte do departamento de animação. Tudo somado Bill esteve envolvido com a Davidson Films em 90 filmes. A maioria deles pequenos curtas educativos para distribuição em escolas americanas e outras instituições. Seus trabalhos receberam numerosos prêmios entre eles, cinco "CINE Golden Eagle" e duas medalhas de prata "The Venice Children's Film Festival".
Em 1975, Van Horn e dois sócios compraram o estúdio Davidson que foi batizado de "Aesop Films, Inc". Economicamente não foi lá grande coisa para Van Horn e depois de produzirem 15 desenhos para a Aesop ele e seus sócios decidiram fechar o estúdio em 1977.

Bill passou de agora em diante, a maior parte do seu tempo escrevendo e ilustrando livros infantis.

William Van Horn trabalhou num total de 133 filmes nos seus 14 anos no ramo da animação. Escreveu e desenhou sete livros infantis.
De 1977 à 1985 Trabalhou produzindo tiras diárias para jornais e ilustrações para livros infantis.

De 1985 à 1988 trabalhou para a "Editora Blackthorne" escrevendo e desenhando histórias de Nervous Rex, Possibleman e outros personagens.

Antes de deixar o trabalho na "Editora Blackthorne", ainda em 1987, ele começou a produzir histórias com os personagens Disney - específicamente com a Família Pato - para a "Editora Gladstone", onde ficou até 1990. Foi o seu nascimento, aos quarenta e oito anos, como Mestre Disney e como um dos melhores herdeiros do Grande Mestre Carl Barks. Mais tarde ele voltaria a produzir para a Gladstone no período entre 1993 e 1999.

Entre 1990 e 1991 Van Horn produziu roteiros e desenhos de histórias com o personagem Donald Diretamente para a "Disney Comics"

Desde 1991 até o presente momento William tem produzido histórias, roteiros e desenhos para as Editoras Gutenberghus e Egmont exclusivamente com os patos.

William van Horn tem um filho - Noel Van Horn - que seguiu os passos do pai e também produz histórias com os personagens Disney.

Van Horn, o pai, mora no Canada, na cidade de Vancouver, desde 1980. Hoje (em 2010) está com 71 anos, e ainda produz. Seu estílo é meticuloso ao extremo. Para produzir uma simples história de dez páginas ele leva mais de dois meses desde a a preparação até a arte-final.

William Van Horn ao lado de Vicar, pode ser considerado um dos melhores herdeiros do estilo espetacular do Mestre Carl Barks, no que se refere à histórias com os patos. Van Horn ainda leva vantagem sobre Vicar, porque além desenhar também produz os roteiros de suas histórias.


Deixo você com uma das criações de van horn...Patusco: o meio irmão do Tio Patinhas.

Em breve voltamos com mais biografias de Grandes Mestres Disney e também com a sequência de: Os Vilões da Disney.

Fonte: Diversos sites Disney. Principalmente sites em Inglês e Wikipédia em inglês.

6 comentários:

pauliti disse...

Parte 1 - Os quadrinhos Disney são uma obra aberta e em construção. A sua contribuição Ludy, se faz presente na soma de seus talentos. Afinal de contas, pesquisar, traduzir, narrar e compilar parecem ser tarefas fáceis e prazerosas para você. Parabéns. Paulo Augusto.

pauliti disse...

Parte 2 - "WILLIAM VAN HORN" - Gosto muito do trabalho dele. Bons roteiros acompanhados de excelentes desenhos. Desenha em perfeita sintonia com outros roteiristas, (Barks por exemplo), na história "Cavalgando pela História" - OMD 24. E as capas entao? Excelentes capas, valorizando ainda mais o conteúdo das revistas. VocÊ postou capas lindas. Aquela da história "A Lua Negra" que saiu por aqui no Pato Donald nº2366, também é linda. Aliás, esse gibi só tráz histórias de Van Horn (imperdível). Paulo Augusto.

pauliti disse...

Parte 3 - A contribuição de Van Horn para a obra dos Quadrinhos Disney, tem seu peso e valor. O Tio Patusco ("Parente é Serpente"-PD 2366) não é tão simpático, mas faz parte da família. Mas a arte de Van Horn é mesmo de primeira. Como num grande concerto, vamos continuar acompanhando a grande arte dos quadrinhos Disney. Parabéns pelo blog, pelo post, e pelo empenho em compartilhar o amor aos quadrinhos Disney. Abraço. Paulo Augusto.

Ludy disse...

Paulo Obrigado pelas palavras. te confesso que esse post deu um trabalhão para ser feito. Temos que fazer uma pesquisa séria e não inventar dados que não existem. Pois do contrário mais cedo ou mais tarde somos desmascarados. Se só você ler esse post, eu já ficarei muito feliz por todo o trabalho e horas gastas em cima de Van Horn. Porque você sabe valorizar o trabalho de quem ama HQs Disney. Você é como eu, um colecionador e admirador desse Universo...Disney.

Edição Extra Blog disse...

Ludy, este post está simplesmente... bom. Bom nada, tá ótimo, maravilhoso, incrível! Posts como esse dão um trabalhão íncrivel, como vc bem disse! Mas, no final, depois que fica tudo pronto, vc vê que valeu a pena cada minuto dessa árdua e longa pesquisa!
As capas tb são um luxo, genial essa sua ideia de expor capas feitas pelos artistas do qual fala, assim dá para ver melhor o desenho dele!

O Van Horn é um dos meus artistas preferidos, adoro o estilo nonsense do traço dele, e gosto ainda dos roteiros irônicos, onde os sobrinhos sempre zombam do tio de uma forma hilária!

Seu blog continua melhorando a cada dia, dá gosto ver que ainda tem fãs Disney como vc que trabalham, não pelo dinheiro, mas pelo prazer de ajudar e informar os colegas (como eu) que compartilham e admiram esse mesmo gosto DISNEY!!!

Abraços e até mais tarde!

Ludy disse...

E aí Matheus beleza meu amigo. Cara realmente esses post são trabalhosos e principalmente eu que tenho dois e tenho que alimentar aquele de música. É muito engraçado aquele de música porque tá sempre atualizado com coisas muito bacanas e ninguém deixa um comentário nem pra me mandar tomar longe heheheheheh.
Mas é assim mesmo o blog tem que ser um prazer e não uma tortura pra quem faz. Do contrário não dá pra conciliar trabalho, família, lazer, descanço e mais o blog que toma um tempão dá gente. Depois que eu começei o blog em Dezembro eu não estou achando muito tempo nem pra dormir. Pois tenho vontade de pesquisar e trazer coisas legais aqui pro Universo Disney. Eu não quero que o meu blog fique só passando irformação do que está chegando no mercado e lançamentos, pra isso existem milhares de blogs especializados no assunto e com boas fontes, eu nem fonte que me passe informações tenho. A minha intenção é ser meio "caótico com pesquisa". Um dia eu falo de um assunto, outro dia, outro assunto bem diferente, mas sempre sobre o Universo Disney, e tentando sempre trazer informações corretas. Acho que é mais ou menos isso.
Cara um grande abraço e continua me visitando aqui no blog tenho o maior prazer em te receber meu amigo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails