quarta-feira, 8 de junho de 2011

Tio Patinhas #409 uma edição recheada de Vicar

No final de semana eu sempre dou uma olhada na coleção e pego algumas edições Disney pra ler e em alguns casos, reler. Seja Tio Patinhas, ou Almanaque Disney, ou Mickey, ou um Disney Especial, algumas edições eu separo para me deliciar no "findi".
Final de semana que passou peguei essa edição do Tio Patinhas # 409 e mais alguns gibis, mas essa edição me marcou por trazer quatro histórias do Vicar.
Eu sou um grande fã do chileno Victor Arriagada Ríos o Vicar e seus desenhos caricatos e divertidos. 
Tio Patinhas # 409 de agosto de 1999
A primeira história com o Vicar que abre essa edição bacana chama-se: "Os 101 Pulguentos" (The 101 Mongrels), história feita para a Dinamarca em 1998, com roteiro do Per Hedman e desenhos óbviamente do Vicar.
Sinopse:
O Tio Patinhas quer comprar a casa do Julião, treinador de Cães, para ampliar uma de suas inúmeras fábricas, mas o homem lá não está gostando nadinha dessa ideia e coloca o tio pra correr literalmente. Por outro lado o velho pato está encontrando problemas com os guardas da sua Caixa-Forte, seguranças desatentos, relaxados e incompetentes. Patinhas então resolve que cães seriam a solução para o seu problema e usa o seu sobrinho num plano em que a vizinhança passa a deixar todos os tipos de cães com o pobre Donald contra a vontade do mesmo.
Donald leva depois a cachorrada pro tio que vai escolher os mais ferozes para serem os novos vigilantes da sua caixa.
Os Metralhas já perceberam que existe alguma coisa muito estranha acontecendo na Caixa-Forte do velho muquirana. Os guardas estão indo embora e no lugar deles um bando de cachorros assume o controle. Parece que agora vai ser fácil para os Metralhas...
...talvez não tão fácil assim, eles não contavam com a chegada do treinador de cães Julião que veio até a Caixa-Forte entregar a bengala que o Patinhas havia esquecido quando fugia do cão Brutus na primeira página desta história.
É uma aventurinha bem divertida com alguns momentos bastante cômicos, principalmente quando o bando de irmãos Metralha entra em cena. Diversão garantida. Essa histórinha foi publicada somente uma vez no Brasil.
Amanhã eu trago mais histórias do Vicar nesta edição do Tio Patinhas #409.
Até breve.
Fonte: Tio Patinhas #409, edição do autor do blog Universo Disney e Inducks

15 comentários:

Chabacano disse...

A fase '400' da revista do Patinhas foi excepcional do começo ao fim. A fase '500' também está mantendo o alto nível, mas é impossível superar a fase '400' de tão boa que foi.

Macgaren disse...

Essa edição eu não tenho. Aliás preciso me empenhar mais em conseguir esses números mais antigos do Tio Patinha. Nos sebos meus olhos só se voltam pras revistas do Donald.
Mas também sou fã do Vicar. Suas histórias quase sempre são sinônimos de qualidade

Pablo Gabriel disse...

Não gosto de Vicar,que nota daria pra essa edição Ludy ?

Ludy disse...

Oi Fabio, eu não tenho muitas edições da fase 400, mas devo concordar contigo que quase todos os volumes dos números 400 são muito bons. Uma ótima safra aquela hein? rsrsrs!!!

Ludy disse...

Oi Mac,pra teres uma ideia só nessa edição tem 4 histórias do Vicar e todas dignas de constarem em algum Disney Big bimestral do futuro. Valeu

Ludy disse...

Pablo é um direito teu não gostar de algum artista, agora quanto a nota eu não costumo dar notas para as edições que possuo pois todas são especiais pra mim, embora não sejam revistas raras eu trato todas elas como se fossem por exemplo (o Pato Donald Número 1, ou alguma outra revista extremamente rara que você conseguir imaginar), são tratada com devoção e cuidado, como se fossem um filho, aliás todas elas são pequenos filhos que possuo e cuido com carinho e dedicação. Obrigado pela visita

Chabacano disse...

[Uma ótima safra aquela hein?]

É realmente uma ótima safra, Ludy. E falando em safra, gostaria de dizer que a fruta que nasce do pé de traquinagem é a "chacotalheia", e esta pode ter um gosto muito azedo.

Ludy disse...

Grande Fábio, às vezes sou meio "anta" e não entendo alguma frase dos colegas aqui nos comentários, como essa que você deixou, sobre fruto azedo e tal, será que o meu comentário foi mal interpretado talvez, por aquele (rsrsrs) que coloquei no final, na verdade na minha cabeça aquilo significava conivência com a sua opinião. Se ouve um erro de interpretação da sua parte o erro foi meu por nãop ter sido claro, sorry por alguma coisa. Mas realmente eu concordo que aquela safra (e esse é um termo muito apropriado) é uma das melhores do Tio Patinhas, eu não tenho muitas edições desse tempo, mas todos os que tenho eu gosto muito e muitas vezes releio esse material. Até breve.

Chabacano disse...

Ludy, eu estava me referindo metaforicamente ao falso Biquinho lá em cima. Só isso. Não sou uma pessoa suscetível assim e sei que você é uma pessoa super gente boa, ok?

Um abraço!

Chabacano disse...

Em tempo: não tenho o péssimo hábito de dar liçoes de moral em ninguém. Foi só uma brincadeirinha com o "menino" traquina.

Chabacano disse...

Ah, sim, esqueci de dizer que o traço do Vicar está entre os que eu mais gosto. Uma das coisas legais nas hqs da Disney é justamente essa: cada cartunista desenvolve a sua própria maneira de desenhar os personagens. Pequenas sutilezas no traço de um cartunista tornam o seu traço único.

Ludy disse...

Puxa Fábio agora fiquei aliviado, pensei que eu havia lhe deixado chateado de alguma maneira. Sobre o Biquinho, uma realidade que nos últimos tempos temos que conviver até ele enjoar e passar a curtir o Homem-aranha, ou X-Men, aí talvez ele mude de direção e vá procurar a moçada da Panini ou outros fóruns de heróis na rede rsrsrs.
O Vicar é um grande artista e as revistas mais antigas do Pato Donald e também do Tio Patinhas estão abarrotadas de histórias dele.
Você está comprando as estatuetas da Dark Horse com os personagens Disney? estamos entrando na terceira coleção, já tem no Pré-venda uma do Donald e uma da Margarida, comprei essas duas no Pré-venda, vamos ver o que vem pela frente.
Um abração e você é sempre bem vindo aqui no meu humilde blog de quadrinhos.

Chabacano disse...

[Você está comprando as estatuetas da Dark Horse com os personagens Disney? estamos entrando na terceira coleção, já tem no Pré-venda uma do Donald e uma da Margarida, comprei essas duas no Pré-venda, vamos ver o que vem pela frente.]

Já conheci as estatuetas através do seu pomposo (no bom sentido) blog, Ludy, mas já tenho tanto troço (no bom sentido) no quartinho de empregada, ao qual eu pomposamente chamo de escritório, que ainda estou rearrumando para colocar mais bonecos como esses que você tão gratamente coleciona.

Um forte abraço do seu amigo Fábio!

Ludy disse...

Coisa mais engraçada Fábio, o apartamento que compramos tem 4 dormitórios e um deles o que seria para empregados,(o que não é o nosso caso pois temos somente uma "semanista" - vem uma vez por semana colocar ordem na bagunça, menos nos meus gibis, que eu não deixo nem chegar perto rsrsrs), foi convertido também no meu pequeno eu diria micro escritório-gibitéca-biblioteca, você já deve ter visto fotos em posts mais antigos aqui no blog. Eu acho que vou parar com a minha coleção de estatuetas nessa da Margarida que está vindo, pois se vier mais alguma figura do Tio Patinhas, eu já não estou tão interessado pois já tenho 4 do figurão de Patópolis e do Donald eu tenho três, gostaria muito que viesse alguma coisa da Vovó Donalda e do Huguinho, Zézinho e Luisinho diferente daquele dos meninos com chapéu de burro, pois acho que é uma injustiça com patinhos tão espertos e que tiram os tios de tantas confusões com inteligência e sagacidade.
Grande Fábio abração e até breve.

Paulo Gibi disse...

Oi Ludy, também gosto do Vicar, e esses gibis do Tio Patinhas dessa época, estão entre os meus maiores xodós. Gosto do jeito como vc fala da estória que leu no gibi. Parabéns amigo, pela edição, e por todo o carinho que tem com seus leitores. Abs. Paulo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails