segunda-feira, 2 de maio de 2011

Zé Carioca - 60 Anos (Edição Histórica) 2003

Eu vou abrir esse post confessando que não sou um grande fã do Zé Carioca (eu costumo dizer que sou fã e gosto do Renato Canini e do Nestor (personagem coadjuvante), mais do que propriamente do  Zé), mas compro todas as revistas do Zé Carioca que chegam nas bancas, pois sempre tem uma boa história do Zé com o Canini. Para mim não importa muito, se são republicações ou não, pois não tenho o material antigo, devo ter uns 150 gibis do Zé Carioca antigos e edições mais novas de anos mais recentes. Levando em conta que já estamos chegando ao número #2359 (então, eu não tenho é praticamente nada do personagem).
A revista que apresento hoje aqui no Universo Disney, faz parte da minha pequena coleção Disney (a capa abaixo é da edição da minha coleção).
Zé Carioca - 60 Anos (Edição Histórica), lançada em novembro de 2003. Capa de Don Rosa, para Os Três Cavaleiros! com Panchito, Donald e Zé Carioca juntos.
Introdução
A história que abre essa edição histórica pelos 60 anos do Zé é de origem americana e foi publicada em páginas dominicais em jornais dos Estado Unidos. 
Como Almoçar de Graça, foi publicada pela primeira vez em 11 de outubro de 1942.
Roteiro do americano Hubie Karp, já falecido (Hubert R. Karp, 1915-1953, esse roteirista morreu muito jovem!!!). e desenhos de dois grandes artistas Disney:  Bob Grant (1916-1968), Paul Murry (1911-1989). Arte-final de Dick Moores (1909-1986) e Karl Karpé (?-?). O interessante é que essa história feita para tiras dominicais teve 40 páginas, nesta edição dos 60 anos do Zé, só foram publicadas essas duas páginas que estão acima.
Como Almoçar de Graça foi publicada nos Estados Unidos em 1942 em jornais e depois  foi publicada somente em outubro de 2005 numa luxuosa edição especial chamada: Walt Disney's Mickey and the Gang #1. No Brasil esta história foi publicada  no Zé Carioca #701 de 13 de abril de 1965, Zé Carioca #705 de 11 de maio de 1965, Cinquentenário Disney de novembro de 1973, Zé Carioca Especial 20 anos #1 de junho de 1981, Edição de Luxo #6 (Zé Carioca - O Retrato do Malandro) de fevereiro de 1991 e finalmente em 2003 nesta edição que comento hoje. 
Abaixo você vai conferir a segunda história dessa edição.
A Volta dos 3 Cavaleiros, foi publicada pela primeira vez em novembro de 1944 com roteiro do americano já falecido Chase Craig (1910-2001) e desenhos do também artista falecido, Carl Buettner (Carl Von Buettner, 1905-1965). Nos Estados Unidos a história foi publicada pela primeira vez na ótima revista Walt Disney's Comics and Stories #50. No Brasil foi publicada na rara publicação Festival Walt Disney #1 de janeiro de 1954 e nessa edição que comento hoje.
Campeão de Futebol
A história  Campeão de Futebol, de origem brasileira (só podia, com futebol como tema rsrsrs), foi publicada pela primeira vez em 18 de janeiro de 1955 com roteiro e desenhos do argentino Luis Destuet. Esta história foi publicada somente no Brasil e apenas duas vezes, a primeira vez no Pato Donald #167 de 18 de janeiro de 1955 (com capa do Jorge Kato). E uma última vez nessa edição histórica de 60 anos.
A Volta do Zé Carioca foi publicada pela primeira vez em primeiro de março de 1960. Roteiro desconhecido, segundo o Inducks, e desenhos do sempre ótimo Jorge kato. História também publicada somente no Brasil em três oportunidades, na revista O Pato Donald #434 de primeiro de março de 1960 (capa de Jorge Kato), nessa edição que estou comentando hoje e mais recentemente no Disney Big #4 de março de 2010.
Zé Carioca contra o goleiro Gastão, foi mais uma dessas histórias publicadas somente no Brasil. Primeira publicação 10 de janeiro d e1961. Roteiro de autor desconhecido e desenhos de Jorge kato. No Brasil foi publicado várias vezes. A primeira vez foi na revista Zé Carioca #479 de 10 de janeiro de 1961. Nos anos 70 saiu no Disney Especial #14 Os Esportistas de dezembro de 1974. Já no final dos anos 80 foi a vez da edição especial, Anos de Ouro do Zé Carioca #1 de novembro de 1989 trazer essa história em suas páginas. Foi republicada nessa edição que comento hoje e por último na já extinta Aventuras Disney #39 de outubro de 2008.
Um festival embananado foi publicado pela primeira vez em 3 de dezembro de 1968 com roteiro de Waldyr Igayara de Souza e desenhos de Izomar C. GuilhermeWaldyr Igayara de Souza. História  publicada somente no Brasil. Publicada pela primeira vez na revista Zé Carioca #891 de 3 de dezembro de 1968. Republicada no Disney Especial #27 Os Músicos de dezembro de 1976. Voltou a ser republicada nos anos 80 no Disney Especial Reedição #23 Os Músicos de agosto de 1984 e a última vez nessa edição de 2003 que estou comentando hoje.
Abaixo uma história de Renato Canini
O leão que espirrava, foi publicada pela primeira vez em 23 de abril de 1971. Roteiro de desenhos do ótimo Renato Vinicius Canini. Lançada somente no Brasil. A primeira publicação na revista Zé Carioca #1015 de 23 de abril de 1971. Foi republicada no Disney Especial #41 O Circo de janeiro de 1979. Também republicada no Disney Especial Reedição #35 de 27 de agosto de 1986. Republicada na edição comentada nesse post e por último em Mestres Disney #5 As Divertidas Histórias de Renato Canini de agosto de 2005.
O Saci. História publicada pela primeira vez em 19 de janeiro de 1979. Roteiro de Paulo de Paiva Lima e desenhos de Carlos Edgard Herrero. Publica somente no Brasil. A primeira publicação aconteceu na revista Zé Carioca #1419 de 19 de janeiro de 1979. Republicada no Disney Especial #136 Gnomos, Fadas e Duendes de janeiro de 1993 e uma última vez nessa edição especial de 2003 que comento hoje.
O Morcego Verde é mais uma história com a marca Canini de qualidade. Criada no ano de 1974 e publicada pela primeira vez em 7 de março de 1975. Roteiro do já falecido Ivan Saidenberg e desenhos do genial Renato Canini. Publicada somente no Brasil. Primeira publicação na revista Zé Carioca #1217 de 7 de março de 1975. Republicada na edição desta postagem e mais recentemente no Disney Big #5 de julho de 2010.
Vinte anos de sossego. História publicada pela primeira vez em junho de 1981 com  roteiro de Gérson L.B.  Teixeira e desenhos de Roberto O. Fukue. Publicada somente no Brasil. A primeira publicação aconteceu no Zé Carioca Especial 20 Anos #1 de junho de 1981 e depois foi republicada nessa edição de 2003 que comento hoje.
A história abaixo eu considero uma justa homenagem ao escritor Jorge Amado e ao maravilhoso povo baiano.
Um Carioca à baiana. História publicada pela primeira vez em novembro de 1997. Roteiro de Genival de Souza e desenhos de Luiz Podavin. Zé vai para a Bahia com Panchito e entrevista Jorge Amado. Essa história foi publicada somente no Brasil na revista Zé Carioca #2088 de novembro de 1997, e uma última vez nessa edição histórica que comento no post de hoje. Abaixo mais algumas cenas de Zé, Panchito e do nosso amado Jorge. 
A Holanda continua com o Zé e nós???????????
A história que fecha essa edição é da Holanda
O rapto da donzela ( De dochter van Don Tortilla no original holandês). História publicada pela primeira vez em 15 de fevereiro de 2002. Roteiro de Frank Jonker e desenhos do Comic up Studio (Estudio espanhol com sede em Barcelona, fundado por José Casanovas em 1980). Na revista os créditos estão errados. Veja nessa imagem acima que consta roteiro da Comic up e desenhos de arte final de Frank Joker.
Essa história envolvendo o Panchito foi publicada no Brasil somente nessa edição que comento hoje. Também foi publicada na Holanda e na Finlândia.
E pra fechar essa postagem sobre o Zé Carioca, aí vai a última história dessa edição que como bem diz a chamada de capa é uma  edição histórica.
Nestor, O destatuador. História publicada pela primeira e única vez e, somente no Brasil, em novembro de 2003, justamente nessa edição que comento hoje.
Roteiro de Arthur Faria Jr. e desenhos de Eli Marcos M. Leon.
Hoje eu trouxe para os amigos Disneyanos mais um dos tesouros da minha pequena coleção Disney. Espero que tenham gostado do post.
Em breve teremos textos dos nossos amigos Leo Radd e Fabiano Caldeira. Até mais amigos!!!

Fonte: Revista Zé Carioca 60 Anos (acervo pessoal - Ludy) informações Inducks Brasil

10 comentários:

Pablo Gabriel disse...

Você tem sorte de ter essa edição,gostaria que os 50 anos do Zé Carioca fossem comemorados assim.

Paulo Gibi disse...

Oi Ludy, a trajetória de Zé Carioca em 60 anos de publicações Disney pela editora Abril, é única. Nenhum outro personagem Disney - nem mesmo o Pato Donald, carro chefe da editora desde sempre - trabalhou tanto em prol da causa dos quadrinhos Disney, no Brasil. O papagaio apresentou o Pato Donald ao público brasileiro, na estréia do gibi do pato em 1950. Depois disso Zé passou por diversas fases, como você mencionou na postagem, sendo por vezes, um referencial de personagem Disney ao retratar o Brasil lá fora. As histórias código B e Zé Carioca tem tudo a ver, uma coisa com outra. Renato Vinícius Canini aprimorou e eternizou (para nós brasileiros) o personagem. E hoje, o gibi do Zé é um portal da memória do gibi Disney brasileiro (um show de excelentes republicações). O Sr. José Carioca, não é mais um ocioso papagaio, que só faz corpo mole, na verdade, esse personagem trabalhou e trabalha muito em prol dos quadrinhos Disney, muito mais do que muitos personagens que só fazem por si. Abs. Paulo

LEO disse...

matéria espetacular essa....

é o tipo de gibi q eu gosto:

trazendo uma seleção do melhor de cada fase de um personagem!!!

essa ed. vale OURO, Ludy.... só o filé das histórias do zé!!!

PS: já tenho 2 histórias dessas q saíram no BIG 4 e 5.... e espero q republiquem as demais um dia, rs!!!

LEO disse...

numa entrevista, o Maffia comentou sobre aquela coleção "Essencial" (q ainda pode sair este ano):

acredito q os gibis dessa coleção sejam nesse estilo:

trazendo um pouco de cada década pra cada personagem abordado....

seria uma coleção mto bem-vinda, né??

FabianoCaldeira. disse...

Olá, bom dia! Desculpe-me demorar para comentar, mas é que gosto de ler tudo e com bastante atenção.
Trata-se de uma belíssima postagem, Luis, onde além de valorizar o material com sabedoria, expôs também todo um conhecimento histórico acerca da trajetória do Zé e até mesmo de seu suposto final para as histórias inéditas produzidas aqui no Brasil. Essa revista vale ouro!
Gostei tambem das páginas explicativas, principalmente a que fala que o Renato Canini acabou fazendo com que a turma do papagaio ficasse mais conhecida, pois antes os personagens coadjuvantes não tinham lá muita notoriedade e somente ao ler essas páginas foi que prestei atenção a esse detalhe que é a mais pura verdade. Tanto é que nas histórias bem primárias, o Zé aparece com outros personagens Disney como o Pateta e o Donald, por exemplo, e, agora, vendo todo esse universo próprio do papagaio sendo melhor trabalhado por Renato Canini, minha admiração pelo artista cresce ainda mais, pois ele não somente deu uma vida interessante ao personagem com suas histórias sensíveis, inteligentes e engraçadas como foi praticamente o criador de seu universo próprio.
Daí vieram os demais artistas que aprimoraram ainda mais as características tanto físicas quanto psicológicas de cada um dos integrantes desse núcleo e cada um desses mestres acabou fazendo com que a Vila Xurupita ficasse bastante interessante. Eu gosto muito dos trabalhos do Igayara, do Arthur Faria Jr. e do Gerson Teixeira. Não me identifico muito com os traços de Podavin, mas também foi uma boa contribuição, não posso negar.
Está aí uma belíssima postagem. Parabéns! Quem sabe, um dia, volta a produção de quadrinhos Disney brasileiros e consequentemente teremos mais alguns autores para enfeitar ainda mais o histórico de nosso estimado Zé Carioca.
Um abração, Luis! Parabéns pela excelene postagem e pela aquisição também.
FabianoCaldeira.

Luiz Carlos do Rio disse...

Parabens, voce conseguiu sintetizar cada historia da revista de maneira perfeita. Conhecia algumas historias, pena que não soube desse gibi. Nessa epoca ainda não tinha voltado a comprar. Tomara que essa coleção essencial seja desse jeito ai.
Valeu.

May disse...

Obrigada por descreevr essa edição. Agora correr para procurar comprar...sera´que há em algum sebo?

Tiago F Veras disse...

otimo! gostei muito, vou postar um pouco sobre esse papagaio. Muito bom a materia e o conteudo! parabens!

Anônimo disse...

muito bom mesmo, e eu só tenho um exemplar do zé de 1954 cod. 0002 O futebol em barcelona.

Ludy disse...

Salve amigos disneyanos aqui do blog, desculpe por não responder antes aos seus comentário, é que estive ausente do blog por alguns meses por problemas pessoais e agora que aos poucos estou retornando, espero que se sintam a vontade aqui num dos humildes lares das HQs Disney. Um agrande abração a todos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails