quinta-feira, 21 de abril de 2011

Conheçam.... Howard: o Pato Donald “Underground” da Marvel!!!

 Nos anos 70, a Marvel resolveu criar sua própria versão do Pato Donald. Mas o contexto sócio-político da época apresentava um quadro de Pós-Guerra do Vietnã, Revoluções de todo tipo (sexual, feministas, culturais) e uma transição do psicodelismo dos anos 60 pra contra-cultura “Underground” (ou “Alternativa”) que se desenhava no meio artístico. Assim surgia: Howard, o Pato.
Criado por Steve Gerber para ser coadjuvante em uma série de histórias apresentadas na revista Homem-Coisa (personagem da Marvel de histórias de terror), Howard era uma espécie de versão adulta e politicamente incorreta do Pato Donald.
Howard vem de outra realidade. Sua passagem para a dimensão dos heróis Marvel se deu por um acidente de percurso. Recrutado pelo mago Dakimh para ajudá-lo a derrotar um inimigo, acabou caindo em um abismo interdimensional e foi parar no Universo Marvel, onde tenta desesperadamente se tornar um herói e assim ganhar um emprego na polícia, a partir daí começam as aventuras do personagem.
O Pato da Marvel mantém o mesmo mau-humor, intolerância, e cabeça-quente do pato Donald.... mas é desbocado (fala muito palavrão), fuma sem parar, e mantém relações físicas “inter-espécies” com uma humana por quem é apaixonado e a disputa com o principal vilão da série: o Dr, Bong (que usa um ridículo capacete em forma de sino).
Em suas aventuras, o pato interage com vários outros personagens da Marvel, incluindo até mesmo o Homem-Aranha. Sua revista própria durou até meados dos anos 80, mas foi cancelada quando o criador brigou com a editora pelos direitos autorais do pato.
Por falar em direitos autorais, a Disney nunca gostou desse pato Donaldgenérico”, e processou a Marvel diversas vezes devido a isso. O ápice da briga judicial entre Disney e Marvel nesse caso foi quando o pato Howard ganhou um FILME nos anos 80 e produzido por George Lucas (isso mesmo, um filme com atores reais que já foi exibido algumas vezes na “Sessão da Tarde”) .
A Disney ganhou na justiça.... obrigando a Marvel a mudar o visual do personagem, ou pelo menos restringindo sua aparição nas capas das revistas (já que no miolo das histórias ele continuou mantendo o visual). Após o cancelamento da revista nos anos 80, a Marvel trouxe de volta o criador Steve Gerber pra escrever uma mini-série com o personagem em 2002 (pro selo adulto MAX). Só com a proibição judicial de usar a imagem do pato na capa, a solução encontrada foi transformar o personagem num RATO.
Assim, a mini-série em 6 partes mostra o pato sendo transformado fisicamente num rato. Obviamente uma nova provocação da Marvel contra a Disney, fazendo uma clara alusão ao “Mickey”. Se não podiam mais usar um Donald genérico nas capas dos gibis, passariam então a usar uma versão “alternativa” do Mickey então, com direito a luvinhas brancas e tudo, rs.
Gerber parecia ser fixado por patos. Além de Howard, ele criou (em conjunto com o “Rei” Jack Kirby) o “Destroyer Duck” para a editora Eclipse e “Leonard the Duck” para a editora Image.
Steve Gerber morreu em 10 de fevereiro de 2008 (aos 60 anos).
Além disso, a compra da Marvel pela Disney... deve ter encerrado de vez qualquer possibilidade de retomarem esse polêmico personagem daqui pra frente. Leo Radd

Fonte: Texto de Leo Radd (colaborador e resenhista do Universo Disney blog), imagens de diversos sites relacionados ao personagem na rede e YouTube.

10 comentários:

Pablo Gabriel disse...

Não gostei desse texto do Leo,esse Donald e muito feio e ruim.

FabianoCaldeira. disse...

OLá, tudo bem? Muito boa essa curiosidade.

Eu pessoalmente não tenho nada contra criações de personagens como esse pato aí, da Marvel. O foco em si acho que é mais embaixo: acho que foi, sim, uma provocação da Marvel à Disney e com o ganho do processo, a Marvel provocou ainda mais. Achei engraçado.

Quanto ao filme, ele é muito trash!

Valeu pela curiosidade.

Abraços. FabianoCaldeira.

Paulo Gibi disse...

Oi Léo, oi Ludy, tudo ísso nessa postagem é novidade para mim. Já tinha visto esse Howard nesse filme mencionado, mas nunca tinha relacionado o personagem ao Donald ou à Disney. E nunca tinha visto qualquer imagem de um gibi como esse misturando Marvel e Disney. Achei legal e curiosa a postagem, e agradeço aos amigos, pela curiosidade. Acho também que a imagem do Pato Donald da Disney é muito melhor, e as características desse personagem Disney são insuperáveis. Como seria se fizessem um Homem Aranha Disney? Ou um Super Man Disney? Bom, também não sei... Tudo isso é muito inovador e curioso. Parabéns pela postagem, muito informativa por sinal. Abraços e parabéns a todos os amigos do Universo Disney. Paulo

FabianoCaldeira. disse...

Pois é! O Léo veio para inovar mesmo. Gostei muito. Ainda bem que esse Léo é do bem (ao contrário daquele da novela das nove...rsrsrs...).
Postagem excelente!

FabianoCaldeira.

Macgaren disse...

Ótima postagem. particularmente li pouquíssima coisa com o Howard já que saiu pouca coisa por aqui.Mas o filme eu tenho em dvd ^^

LEO disse...

Valew, galera...

Eu já enchi o saco dos editores da panini pra publicarem Howard.... mas sempre vieram com a desculpa de q era “alternativo” d+ pra ser misturado com os heróis marvel na revista Marvel MAX (q era própria pra material adulto).

Pra mim, eles sempre se borraram de medo de serem processados pela Abril ou coisa do tipo.... pra panini certamente seria + cômodo simplesmente não publicar e não se incomodar com isso.

Já a Marvel... sempre adorou provocar as demais editoras:

Sabiam q na Marvel existem versões genéricas de cada personagem da DC??

A Marvel tem até uma “Liga da Justiça” inetrira com versões “genéricas” do Batman, superman, flash, mulher-maravilha, etc.... é uma equipe chamada “Esquadrão Supremo” (feita pra enfrentar os Vingadores).

Ou seja... já faz tempo q a Marvel adota essa prática. Parece até q adoram colecionar processos judiciais, rs!!!

LEO disse...

"Ainda bem que esse Léo é do bem (ao contrário daquele da novela das nove...rsrsrs...)"


Pois já me falaram mesmo q tem um xará meu DUMAL nessa novela...

todo mundo me chama de Leo, e já fizeram piada comigo qto a esse personagem, rs!!!

vou assistir pra ver qualé... eu não costumo assistir nada da Globo (a não ser o BBB), mas vou ver algum capítulo dessa a nível de curiosidade.

geralmente eu assisto até essa novelinha fantasiosa do SBT (Amor e Revolução), q eu gosto só pela trilha sonora dos anos 60!!!

Pablo Gabriel disse...

Ludy no meu blog esta dizendo que você fez uma postagem chamada Uma viagem a bordo do Almanaque Disney #1 há 10 horas.Quando eu clico dize que essa página não pode ser encontrada.
O que houve ?

sergiokid disse...

Por coincidência eu navegava por um site de download de scans semana passada ou retrasada e me deparei com essa série. Ao ver o "donald" na capa baixei mas ainda n li a primeira revista.

Quanto à questão de direitos autorais, quem ROUBA personagens tem mais que ser processado mesmo.

Uma coisa é ser "politicamente correto", outra é ser HONESTO.

Pablo Gabriel disse...

Eu não gostei do texto,nem parecia do Leo gostei dos primeiros textos dele,esse e o único que não gostei até agora

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails