segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Patozan, O Rei das Selvas (Marzipan of the Jungle)

Uma das histórias mais divertidas que li nos últimos dias foi essa, Patozan, O Rei das Selvas.
Esta história foi publicada na Italia em novembro de 1972 e saiu no Almanacco Topolino #191 capa abaixo, no mesmo mês.
Os desenhos bacanas são do grande mestre Disney Giovan Battista Carpi, segundo o Inducks não consta o roteirista.
Patozan, O Rei das Selvas (original: Marzipan of the Jungle).
História
Tio Patinhas influênciado pelos trigêmeos Huguinho, Zezinho e Luisinho ao assistir um filme de Tarzan e pela perspectiva de ganhar milhões de patacas acaba entrando para a "carreira cinematográfica" e pretende dirigir um filme similar ao "Tarzan o Rei das Selvas" que está em cartaz em um cinema de Patópolis.
Patinhas e os meninos saem em busca de animais selvagens para o elenco do filme.
O que encontram são três pobres bichos em fim de carreira.
Um leão desdentado e magrelo que atende pelo nome de Sultão e que está com a pata machucada pois foi mordido por um coelho (ha! ha! ha! ha! é uma  história  hilária).  Um gorila sonolento, surdo e barrigudo chamado Congo, além de uma zebra que sofre de reumatismo e asma, em suma o "Dream team" dos animais selvagens
Quem vai fazer o papel de Tarzan ou melhor Patozan... sim ele o homem musculoso, oppps!! pato, sim... Pato Donald primeiro e único.
No porão de sua mansão Tio Patinhas "descola" para Donald uma velha pele de tigre e para os meninos uma câmera antiquada e anacrônica até o tripé. As filmagens acontecem no parque da cidade onde o próprio Patinhas interpreta um homem (pato... desculpe!) em perigo.
Mal sabem eles que estão sendo observados pelos famigerados irmãos Metralha que percebem naquela movimentação  toda uma chance de ouro de invadir, não a Caixa-Forte e sim a mansão do velho Patinhas. 
No momento que os Metralhas entram em cena, esta história que até então era apenas engraçada, vira uma comédia pastelão das mais divertidas. São várias páginas em que os Metralhas comandam o show e levam a pior dos velhos e alquebrados animais o tempo todo.
Huguinho, Zezinho e Luisinho sempre muito espertos  filmam tudo o que está acontecendo entre os Metralhas e os animais que a essa  altura da história, deixaram de ser tão sonolentos e estão dando uma aula de atividade. 
No final dessa batalha os Metralhas estão vencidos, humilhados e envergonhados por terem sofrido tanto nas mãos de três velhos animais que já "jogaram a toalha" há muito tempo. Tio Patinhas está muito bravo com os Metralhas, pois segundo ele os irmãos bandidos acabaram com uma filmagem de um milhão (isso no pensamento do velho pato). Patinhas quer manda-los para a cadeia e tem sua atenção voltada para um dos sobrinhos que lhe diz algo baixinho e isso faz o velho pão duro voltar atrás e inclusive convida os bandidos para a estréia do filme.
Alguns dias depois no cine Patópolis acontece a grande estreia de: PATOZAN CONTRA OS METRALHAS.
O filme que era para ser sério virou uma grande comédia. E os próprios Metralhas comentam sobre isso:
Como sempre o Velho Patinhas se dá bem e desta vez o nosso querido Donald também saiu por cima nessa divertida e gostosa história.
Essa postagem é dedicada ao nosso amigo da comunidade dos quadrinhos Disney no Orkut Leo Radd, (foi lendo um comentário dele na "comu" que eu me interessei e procurei essa história para ler e realmente me diverti muito).
O Leo é um cara bacana que também "curte" quadrinhos, literatura e cinema, mora  em Porto Alegre-RS a mais ou menos uns 180 quilometros aqui de Santa Cruz do Sul cidade onde resido.
Abaixo você confere as capas das três revistas brasileiras onde você poderá encontrar esta história.
Tio Patinhas #112 ( novembro de 1974)
Disney Especial #75 Os Astros (dezembro de 1983)
Disney Especial Reedição #71 Os Astros (outubro de 1992)
Fonte: Edição Os Astros da coleção Particular e Inducks

5 comentários:

Paulo Gibi disse...

Olá Ludy, realmente essa é uma excelente história. Parabéns pelo post. Abs. Paulo

FabianoCaldeira. disse...

Oi, cara! Tudo bem? Olha... essa historia parece ser muito bacana. Vou procurar por aqui para saber se e não tenho ela, isso porque nao me lembro mais de todas as revistas que possuo. rsrsrs...
Continue compartilhando mais histórias assim.
Não falei que o Léo era uma pessoa legal?
Abraços. FabianoCaldeira.

Ludy disse...

Oi Fabiano se você tiver esta história leia imediatamente e de muitas risadas com essa comédia pastelão estrelando mais os Metralhas que os próprios patos.
Na verdade os três animais "roubam" a cena.
E sim o Leo é uma pessoa legal, cara bacana mesmo, gosto dele. Abração Fabiano.

LEO disse...

Ae, pessoal... blz??

tive q reler esta matéria do "patozan", pq realmente é uma das minhas favoritas de todos os tempos!!!

dia desses me lembrei de outra clássica q eu tinha num donald dos anos 70, q era estrelada pelo Mancha Negra ("Os 7 Anões Maus") - outra obra-prima q merecia uma republicação (e uma matéria aqui no site tbm, rs)!!!

Vcs tbm são mto legais, amigos.... leitores de bom gosto q sabem apreciar boas histórias!!!

valew!!!

Ludy disse...

Obrigado pelo teu comentário Leo. Quando eu li o teu comentário lá na comunidade dos quadrinhos Disney no Orkut, fiquei extremamamente curioso para saber mais sobre a história e acabei encomendando esse Disney Especial lá no Planeta Gibi, li, reli e trili a história e ri muito com a comédia pastelão proporcionado por aqueles animais "viris" e cheios de gás rsrsrsrsrsr. Os Metralhas estavam impagáveis. Abração Leo vou procurar essa dos anões e trazer aqui pra galera conhecer.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails