quarta-feira, 26 de maio de 2010

O AMALUCADO PRIMO "PENINHA"


Todos nós talvez tenhamos um parente ou amigo, do qual procuramos manter “uma certa distância” seja por seu comportamento “excêntrico”, “exagerado” ou mesmo “totalmente destrambelhado” . Mas ninguém, na vida real, atinge níveis tão altos de “doidice” como este tal primo do Pato Donald, ele, o engraçadíssimo ... PENINHA!!!

É de chorar de rir... um cara que não está nem aí, chega quando quer e não dá aviso, vem de mala pronta e só vai embora deixando um rastro de confusão pelo caminho. Quando o Peninha chega, o sossego do Donald vai embora... São muitas histórias engraçadas nas quais o pobre Donald sai apagando os “incêndios”, remendando aqui e ali as peripécias de seu parente mais maluco. Histórias em que ele se mete a ser cozinheiro, músico, motorista, aviador, médico ou artista de cinema.

Lá na redação de “A Patada”, o Peninha apronta mil e uma e deixa o Tio Patinhas com as “penas mais brancas ainda”. Reportagens atrapalhadas pela cidade e também pelo campo (o Urtigão que o diga!!), além de total descumprimento às leis vigentes (não é por maldade, é maluquice mesmo!).
Lembro de uma história em que o Peninha cuida de uma base de foguetes (já viu que é confusão na certa, né?), e de outra em que ele inaugura uma escola de natação (“somente para peixes”, pode?). O Peninha - não sei a quem puxou - é o mais engraçado personagem Disney, na minha modesta opinião. Ele é espontâneo e faz rir à toa. Quando está na companhia do seu sobrinho, Biquinho, é outra piada, confusões em dobro com essa dupla.

É Pena Kid, Pena das Selvas, Príncipe Submarino, e tantas outras hilárias versões que perdemos a conta. É um personagem muito versátil e interessante.
Suas histórias são leves e passam rápido diante dos nossos olhos, e quando acabam ficam com gostinho de quero mais. Não sei por que as tentativas de gibi próprio do Peninha não tiveram vida longa. Nas “edições extra” encontramos várias preciosidades de histórias suas, e também pelos gibis Disney em geral.

Então, já sabem, se pintar um “mau humor” na área, parem com isso e mergulhem nas paginas alucinantes das divertidas histórias do pato mais maluco dos quadrinhos, o primo Peninha...


Aguarde, em breve a parte 2 do décimo primeiro capítulo da Saga do Tio Patinhas por Don Rosa.
Fonte: Wikipédia e texto de Paulo Gibi (colaborador do Blog Universo Disney).

6 comentários:

Fabiano disse...

Bom dia! Tudo bem?
Eu particularmente acho as revistas aonde aparecem o Peninha muito mais valorizadas.
Parabéns! Um abraço.
FabianoCaldeira.

Ludy disse...

Eu também gosto bastante deste personagem. Ele me alegra com suas piadas e sua "porralouquice"

Anônimo disse...

Caro Ludy:
Azarado como ele só, Donald tem a sina de ter um primo cafajeste, o Gastão e outro que é um doido varrido, o Peninha. Sempre vi mais amizade entre Donald e Peninha. O primo maluquete é muito mais simpático do que o sortudo, e além disso o Peninha deve ser o último representante da beat generation.
Crabb

Ludy disse...

Pobre Donald. Tendo como primos, um esnobento como o Gastão que só quer "pegar" a Margarida e um "malucóide como o Peninha que "amassa" tudo como um trator por onde passa. Por isso que o Donald é tão irado e rabugento hehehehehe.

Paulo Gibi disse...

Oi pessoal, o Peninha é muito doido mesmo. Acho que todo mundo gosta dele. Parece que ele vê o mundo de uma forma diferente, onde tudo é permitido e não existem barreiras. Sorte nossa, que curtimos suas histórias e damos muitas risadas... abraço a todos. Paulo Gibi

Chabacano disse...

O Peninha é um personagem dos mais sensacionais criados para os Estúdios Disney e, felizmente, vem sendo mais valorizado nos EUA, estrelando inclusive capas de gibi! O Carl Barks e o Don Rosa não gostam dele, mas ninguém é perfeito. Nem mesmo os "Mestres dos Patos"...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails