segunda-feira, 5 de abril de 2010

Superpato: A origem do herói.

Raízes do personagem
As raízes do Superpato se encontram em personagem literários antigos. Até seis foram apontados como pais do personagem com base nos elementos que tiveram em comum com o Superpato, embora sua criação também pode ser vista como parte do crescimento da popularidade dos vilões literários e anti-heróis na Itália durante os anos sessenta:
Rocambole, criado por Pierre Alexis de Ponson Terrail (1829-1871) como personagem principal de umas série publicada em jornais diários entre 1857 e 1870 e depois concentrada em oito volumes. Rocambole era um aventureiro que começou como mestre do crime e depois se tornou mestre combatente do crime. Em suas duas carreiras, seus métodos incluíam agir por trás das cenas e manipular pessoas e eventos. Tanto como vingador quanto como super-herói, Superpato usaria métodos semelhantes para alcançar suas metas.
Arsène Lupin, criado por Maurice Leblanc (11 de novembro de 1864 - 6 de novembro de 1941) como personagem principal de uma série de vinte e um romances publicada entre 1905 e 1939. Ele é descrito frequentemente como cavalheiro assaltante e às vezes agia como justiceiro. A descrição das atividades de Fantomius se baseava nele. Embora fosse um vilão procurado pela polícia, Lupin tinha um forte senso de honra e seus alvos normalmente eram pessoas cujas fontes de riqueza eram menos que honestas. Ele administrou sua justiça da forma como ele a via e frequentemente ajudou a polícia sem que a própria polícia soubesse.
Fantômas, criado por Marcel Allain (15 de setembro de 1885 - 25 de agosto de 1969) e Pierre Souvestre (1874-1914) como o personagem principal de uma série de quarenta e três romances publicada entre 1911 e 1963. O nome "Fantomius" é supostamente derivado deste personagem. Fantômas era um mestre do crime e mestre manipulador com tendências sádicas e homicidas. Embora Superpato tivesse pouco em comum com ele, note-se que os aliados mais íntimos e os piores inimigos de Fantômas estavam de alguma forma vinculados a eles. Este também era o caso com o Superpato no início de sua carreira. Zorro, criado por Johnston McCulley (2 de fevereiro de 1883 - 23 de novembro de 1958) em 1918. Os métodos de Fantomius de manter uma identidade secreta derivaram do Zorro. Zorro realmente agia como um cavalheiro inofensivo quando não atuava como justiceiro durante a noite. Ele também tinha sua atividade principal na Califórnia. A cidade de Superpato, Patópolis, fica no estado americano fictício de Calisota, situado na área equivalente à Califórnia do norte (de acordo com o roteirista Don Rosa).
Batman, criado por Bob Kane (24 de outubro de 1915 - 3 de novembro de 1998) e Bill Finger (8 de fevereiro de 1914 - fevereiro de 1974) em 1939. O uso por Superpato de dispositivos no uniforme, de um cinto de utilidade e de um carro envenenado parecem derivar deste influente super-herói.
Diabolik, criado pelas irmãs Angela Giussani e Luciana Giussani em 1962. Superpato deve seu nome original a este criminoso italiano que figurava entre os anti-heróis mais populares dos anos 60 na Itália.
Fonte: Wikipédia(texto integral).

2 comentários:

Paulo Gibi disse...

Legal essa comparação do Superpato com outros personagens, buscando elementos da origem de sua personalidade. As lendas se sucedem, e com o passar do tempo, se confundem no imaginário popular. Ao artista competente, cabe, fazer uma leitura desse material, formando uma versão atual do mito do herói. Esse é o segredo do sucesso do Superpato, na minha opinião... vida longa ao mascarado. Paulo Augusto.

Anônimo disse...

era isso que eu queria!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails