segunda-feira, 23 de agosto de 2010

"Que Invenção Penosa!" ou "O Filho de Frankestein" - 1959

Apresento hoje no Universo Disney,  uma histórinha curta de Barks tendo como protagonista o nosso querido inventor Professor Pardal.
Essa história saiu nos Estados Unidos pela primeira vez na revista Uncle Scrooge #26 em junho de 1959 com o título: "Krankenstein Gyro".
Quando você é criança o  "inventor" é o equivalente a  um mágico em sua mente infantil, um Mandrake que tira coisas da cartola, e os inventores criam coisas do nada, objetos que jamais existiram a não ser em suas mentes. Invenções muitas vezes mirabolantes e milhões de vezes de extrema utilidade.
Esse post é uma singela homenagem aos inventores, esses homens e mulheres especiais e talentosos, que usam suas inteligências em prol da humanidade. É claro que nessa pequena história o Prof. Pardal não se dá bem no seu intento, ele quer brincar de "Deus", e geralmente quem faz isso, acaba percebendo de alguma forma que: Deus é um só.
Uncle Scrooge #26 (junho de 1959)
Pardal está saindo do cinema acompanhado do seu fiel escudeiro de todos os momentos, o velho e bom Lampadinha.
 Ele acaba de assistir a um filme chamado "Dr. Krankenstein" e está muito impressionado com a criação da vida com descargas de relâmpagos efetuados pelo "Doutor" do filme. E ele pensa que também é capaz de  inventar um jeito mais simples de dar vida à matéria. Preparem-se para mais uma das criações malucas do professor Pardal.
Ele entra numa fármacia e pede vários produtos químicos para o atendente.
Produtos como Cálcio, Fósforo, vitaminas, cal, e outros que fazem o homem da farmácia perguntar a ele se ele pretende fazer um canibal púrpura com cara de porco. 
Pardal vai então pra casa e começa a misturar os ingredientes, e enquanto faz isso ele vai pensando que tem que ter muito cuidado, pois vários elementos que compõem uma pessoa também fazem plantas, insetos e até tampas de panela. É só uma questão de saber como juntar as coisas, pensa.
Pardal depois de misturar todo o material, coloca o liquido numa casca de ovo pra chocar.
E aproveita a sua galinha de estimação que vive chocando uma maçaneta de porta.
Os dia passam e Pardal não consegue trabalhar somente imaginando o que vai sair daquele ovo.
Será que vem por aí um Peru-pato com casco de tartaruga? ou talvez uma Águia-lagarto com pés de sapo? ou talvez um Crocodilo gavião? ou algo...
... que não se parece com nada, ou nada que se parece com algo.
Depois de muito tempo e muito nervosismo, finalmente o ovo racha. Chegou o grande momento.
Pardal pergunta para a sua galinha Cocorocó (esse é o nome dela, bem óbvio) "O que você chocou, Cocorocó? que maravilha a gente produziu?"
Uma maçaneta!!!!!! (sim uma bela maçaneta dourada Dr. Pardalstein ou seria: Krankenstein Gyro)
Pardal desanimado sai pela porta dizendo que não faz o tipo Dr. Krankenstein.
Essa é mais uma daquelas histórinhas curtas e divertidas de Barks. quatro páginas com o malucão e bom coração Professor Pardal.
No Brasil essa história de Barks, saiu nas seguintes edições:
Mickey #95 (setembro de 1960) O Filho de Frankenstein
Almanaque Disney #15 (agosto de 1972) Que Invenção Penosa!
Almanaque Disney #139 (dezembro de 1982) idem
O Melhor da Disney #13 (agosto de 2005) idem
Fonte: Inducks Brasil e O Melhor da Disney #13 de agosto de 2005.

4 comentários:

Fabiano disse...

EH, EH, EH, EH... Divertido foi ver a cara da galinha ao ver a maçaneta - baita mãezona, hein...rsrsrs...
Abraços. Tenha uma boa semana.
FabianoCaldeira.

Matheu$ Guarany disse...

Oi Ludy, tudo bem?

Desculpe mesmo cara, faz décadas que não passo por aqui, eu dei uma sumida braba, mas vou voltando mais regularmente!

Sobre a postagem, sempre adorei o Pardal do Barks, principalmente aquelas histórias de 4 páginas dele (se bem que, praticamente todas as HQs do Pardal feitas pelo Barks tem 4 págs, ehehe)

Abçs.

Matheu$

princesse disse...

Olá Ludy, adorei o post! Adoro o professor Pardal! Desculpe o sumiço, mas a vida acadêmica me rouba tempo, hehehehe. Mas estarei, na medida do possível, atualizando o blog.
Ah, obrigada pelo apoio e sinta-se à vontade para postar no Universo Disney os Silly's, sou ciumenta, mas nem tanto! Vamos mostrá-los pra todo mundo!
Abs.. e sucesso!

Clarissa

Ludy disse...

Fabiano querido amigo que está sempre por aí deixando um comentário obrigado pelos sempre deliciosos comentários.

Matheus meu amigo Disneyano, que bom que tu voltou cara, espero também ver mais daquelas postagens inteligentes e legais no teu blog.

Clarissa, que prazer te-la aqui no Universo Disney, trazendo comentários. Acho o teu blog sobres Silly Symphonies muiiiiito legal. Abração querida e obrigado pela visita.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails