quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Almanaque do Mickey #10 - esse está imperdível!!!

Em breve nas bancas essa edição bacana do Almanaque do Mickey, chegando a sua décima edição!
Esse almanaque foi lançado em dezembro de 2010 e está se mantendo muito bem. Aliás eu acho os Almanaques de personagens uma bola dentro da Editora Abril, pois é uma forma de resgatar muitas histórias bacanas de cada personagem.
Como colecionador que sou, compro todos os almanaques de personagens, até os almanaques de personagens que não "curto" muito, tipo, Margarida!!!
Eu sou um fã incondicional do Pato Donald, em segundo lugar na minha lista de personagens preferidos vem o velho muquirana Tio Patinhas. Também acho o Pateta e o Peninha sensacionais. Gosto dos meninos (patinhos), Huguinho, Zézinho e Luizinho e também aprecio o símbolo máximo da Disney, o Mickey. Mas gosto do Mickey esperto, o detetive, o Mickey de calças e boné ou mesmo chapéu de detetive. Esse Mickey que se transformou no Pateta, esse eu não gosto, e é justamente esse Mickey que a galera da Disney apresenta para os seus admiradores.
Por isso que esse Almanaque do Mickey desse mês vai estar tão especial para mim. Teremos o esperto e valente Mickey de Paul Murry. Uma edição completinha com o genial Murry. Saudosistas como eu vão ir a loucura!!!
A aventura que abre a edição "A Espada de Barba Dourada" (Sword of Sunbeard no original inglês), é bacana e foi publicada uma única vez no Brasil no Pato Donald # 1346 do final de agosto de 1977.
A próxima aventura do Almanaque tem o título: "No Tempo dos Galeões" (The Last Minute Mutiny no original inglês), mais uma aventura muito divertida envolvendo os nossos heróis Mickey e Pateta. Foi publicada somente duas vezes no Brasil em Pato Donald #460 de 30 de agosto de 1960 e uma segunda vez na mesma revista Pato Donald na edição #1470 de janeiro de 1980 (capas abaixo)
A terceira historinha desse Almanaque #10, que já é dez, do Mickey apresenta outra aventura cheia de ação chamada: "Uma Ajuda Acidentada" (Grocery Grabbers no original inglês). Publicada uma única vez no Brasil em março de 1979 na edição de  O Pato Donald #1426, confira a capa da edição aqui abaixo!!!
Engraçado é que muitas dessas histórias do camundongo foram publicadas na revista do Pato Donald, e não na revista própria do Mickey (que por sinal completa 60 anos neste mês de outubro.
Aqui abaixo mais uma aventura assinada pelo Murry, e que também saiu na revista do pato e vai estar nesse Almanaque do Mickey #10. "A Chave do Mistério" (The Secret Key Mystery no original inglês) foi publicada uma única vez no Brasil na edição #1430 de O Pato Donald de abril de 1979 confira a capa aqui abaixo.
"Fazendo Bonito Com Chapéu Alheio" (The Man in the Hat no original inglês) é a quinta aventura desse almanaque que já é um dos melhores do Mickey, pelo menos pra mim que gosto dessas aventuras criadas pelo Paul Murry. Publicada uma única vez no Brasil na edição de O Pato Donald #1336 de junho de 1977. (capa aqui abaixo)
"O Caso Do Palhaço Assaltante" (The Crooked Clown Case no original inglês), também faz parte desse mix de histórias legais que compõem esse almanaque e foi publicada no Brasil somente uma vez na revista O Pato Donald #1320 de fevereiro de 1977. (Confira capa abaixo).
A seguir temos a aventura chamada: O Elefante Branco (Finders Keepers no original inglês) é mais uma com o genial talento do Murry, publicada uma única vez no Brasil em O Pato Donald #1284 de junho de 1976.
"O Cocar De Pena Forte" (The Feathers of P'towwa no original inglês) aventura legal envolvendo o heroico povo indígena americano. Publicada uma única vez no Brasil em O Pato Donald #1296 de setembro de 1976. (confira capa abaixo).
E pra fechar essa super edição do Almanaque do Mickey #10, temos "...A Mascote Do Rei! "(Strange Cargo to Pingoola no original inglês). Publicada pela primeira vez na revista do pat... não... desta vez saiu na revista do Zé, no Zé Carioca # 651 de abril de 1964. Também foi publicada em mais cinco oportunidades entre elas na falecida Aventuras Disney #31 de 2008.
Gostei dessas aventuras, só material clássico, algumas eu ainda não li. Como diria o meu amigo Leo Raad -"cofre certo", se bem que como colecionador que sou tudo é cofre pra mim, até material que compro e não gosto, quem sabe um dia eu leio e passo a "curtir".
Bem amigo leitor disneyano por hoje era isso. Que Patópolis esteja sempre com você.

Fonte: Inducks (informações e capas) e planeta Gibi (com a relação das histórias).

10 comentários:

Blog do Paulo Gibi disse...

"Aliás eu acho os Almanaques de personagens uma bola dentro da Editora Abril, pois é uma forma de resgatar muitas histórias bacanas de cada personagem".

Eu também acho Ludy, este espaço criado pelos almanaques é a medida certa para especiais como este do Paul Murry.

Linda postagem com as capas e tudo... Como é gostoso ler belas postagens sobre os quadrinhos Disney. Lendo sua matéria foi como um petisco enquanto aguardamos a chegada do gibi. Obrigado. Abraço.

Ludy disse...

Obrigado pelo comentário Paulo, fiz essa postagem no estúdio enquanto apresentava o meu programa diário. Eu sou um supermega fã do Paul Murry, acho esse artista fenomenal, um grande nome dos quadrinhos Disney.
Estou louco pra ler esse almanaque, tem histórias ali que procurei por um longo tempo mas nunca consegui alguns daqueles Pato Donald, tem alguns ali bem raros. Abração!!!

FabianoCaldeira. disse...

Bela postagem! Eu vi esse almanaque nas bancas e já tinha me interessado em folhear, mas ainda não comprei porque tive outras prioridades que não são as gibis este mês. Mas pretendo comprar, sim.

O Paul Murry não é meu Mestre Disney favorito. Seus desenhos são muito estranhos e a evolução de algumas histórias me faz sentir uma criança de uns 3 anos....rsrsrs....
Mas eu gosto dele, não poso ignorar o prestígio do cara... e suas histórias não são tão ruins assim. Apenas não me identifico muito.

Abraços. Fabiano Caldeira.

Ludy disse...

Te entendo totalmente Fabiano, imagina se todos gostassem das mesmas coisas, seria um caos, faltaria azul no mundo hahahahaha. Abração Fabiano te desejo dias de luz e que patópolis esteja sempre com você!!!

Blog do Paulo Gibi disse...

"Mas gosto do Mickey esperto, o detetive, o Mickey de calças e boné ou mesmo chapéu de detetive. Esse Mickey que se transformou no Pateta, esse eu não gosto"

Puxa Ludy, eu fiquei super chateado agora de manhã fui na única banca que tem aqui na minha cidade e não chegou nenhum gibi Disney. Eu estou com muita vontade de ler este especial do Paul Murry, acho que um dos gibis mais legais do ano. Nem mesmo o Disney Big chegou até agora. O próprio dono da banca está irritado com a distribuição precária... Acho que vou ter que comprar pela internet e pagar frete, ou então sair da cidade e pegar estrada pra comprar. Tomara que consiga logo um exemplar destes... Abs.

Ludy disse...

Que coisa mais chata isso Paulo. Imagina amigo você mora no estado de São Paulo terra da Editora e não recebe os seus exemplares e eu aqui no sul recebi primeiro. Caos total a distribuição realmente é muito conturbada e sem nenhum nexo. Eu sou assinante Abril e tem vezes que minhas revistas chegam uns dez dias antes e outras vezes chega depois que já está em bancas, não dá pra entender.

Fico na torcida que em breve você já esteja com suas edições em mãos!!! Vai dar tudo certo e você vai ter suas revistas em pouco tempo.

Blog do Paulo Gibi disse...

Pois é Ludy, é mesmo muito chato isso. Imagine o caos para o pessoal de outras regiões setorizadas que nunca chega nada ou demora meses e meses. A setorização e a distribuição errática são falhas gigantescas da editora. Tem horas que bate ate um desânimo. Vou ler os Topolinos que estão aqui, hoje estou de folga do trabalho, vou ficar no google tradutor o dia todo,kkkkkkkk e fazer postagens para o blog. Abração e viva os Quadrinhos Disney.

Ludy disse...

É Paulo eu fico pensando nessa gelera que não recebe as revistas que gostaria. Deve ser extremamente frustrante ler nas redes sociais, nos blogs e sites especializados sobre os lançamentos e não ter acesso, por culpa de uma má administração de uma empresa que lança o produto mas não sabe levar até o consumidor.
A prepotência leva a derrocada, um dias desses gente mais competente pega os quadrinhos Disney e aí eu quero ver a editora da árvore correndo atrás do preju!!!

A tua coleção de Topolinos é show, seu eu tivesse mais grana disponível compraria mais edições, mas aí algumas prioridades ficariam afetadas, às vezes faço umas loucuras e compro um lote heheheheheh e aí depois tenho que correr atrás. Essa paixão por HQs é avassaladora, preciso cuidar isso, ela nos toma de assalto e muitas vezes nem percebemos que estamos deixando tudo de lado por elas. O negócio é usar o meio termo e o bom senso.

Grande abraço Paulo e tudo de bom pra você e que Patópolis esteja sempre com você!!!

Blog do Paulo Gibi disse...

"Essa paixão por HQs é avassaladora, preciso cuidar isso, ela nos toma de assalto e muitas vezes nem percebemos que estamos deixando tudo de lado por elas. O negócio é usar o meio termo e o bom senso."

Sim Ludy, eu também penso assim. Ser radical e não buscar o meio termo nas coisas nos torna reféns de nossos impulsos, paixões e emoções, e isso pode acontecer em relação às hqs e aos gibis em geral. Eu preciso ter mais atenção nisso, a vida é uma escola, a gente vai aprendendo com erros e acertos, pois afinal somos todos humanos. Abs.

LEO disse...

Excelente postagem, Ludy!!

gostei desse estilo de post com as capas dos 1º gibis onde as histórias saíram!!!

e q riquíssima a seleção desse almanaque, hein???

só raridades mesmo... e todas do Paul Murry (q pra mim ainda é a melhor fase do Mickey de todos os tempos)!!!

curioso notar tbm q são todas histórias curtas... sendo q o mais comum do Murry desenhando eram aquelas sagas + extensas com umas 20 pág no mínimo!!!

essa é COFRE mesmo, rs!

Valeu!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails