sábado, 20 de novembro de 2010

"Pato Donald Especial 60 Anos" mais um tesouro da minha coleção

Voltando a série, tesouros da minha coleção eu trago hoje uma das revistas que guardo com muito carinho na minha pequena coleção Disney: Pato Donald Especial 60 Anos.
Essa edição foi lançada pela editora Abril em outubro de 1994.
A revista já começa bacana pela capa, que reúne artistas maravilhosos: Carl Barks, Al Taliaferro e Euclides K. Miyaura.
Já na página três temos uma pequena biografia do Pato Donald com o título: "Esta é sua vida Pato Donald", contando ali quem foram os criadores do patinho com roupa de marinheiro que "agita" páginas e páginas das HQs Disney por todos esses anos. 
Os "pais" do Donald no papel, foram o argumentista Ted Osborne e o desenhista Al Taliaferro, que em 1934 adaptaram aos tablóides dominicais coloridos o curta de animação: "The Wise Little Hen" (A Galinha  Sábia) (vídeo abaixo dublado)

Algumas das piadas de Al taliaferro foram reunidas numa revistinha em preto e branco em 1938. Walt Disney's Donald Duck não levava numeração e é considerada o primeiro gibi do personagem.
A edição #9 da coleção Four Color marcou o início do nosso homem dos patos (Carl barks) nas Hqs. 
"Donald Duck Finds Pirate Gold" (Pato Donald Encontra o Ouro do Piratas) foi o reaproveitamento de uma história recusada pelos estúdios Disney como desenho animado e seus autores, Jack Hanna e Carl Barks  a transformaram em quadrinhos. 
pouco tempo depois Barks abandonaria o cinema e passaria a escrever e desenhar HQs. Os argumentos ricos em pesquisa e ação e aliados ao traço bem cuidado transformaram Barks no amado e único: Homem dos patos.
Até a página 5 dessa edição de Pato Donald Especial 60 Anos temos essa pequena biografia do Donald e na página 6 entramos no mundo do cinema. O título de abertura dessa página é: "Donald em Hollywood" pato agita o mundo do cinema.
Donald estreou no cinema em 9 de junho de 1934 em: The Wise Little Hen (A Galinha Sábia) 
Na época da estréia Donald tinha o pomposo nome de Donald Fauntleroy Duck.
Ele retorna às telas logo depois em 11 de agosto de 1934 ao lado de Mickey e Pateta em Orphan's Benefit (Benefício aos órfãos). Abaixo a versão original e também a em cores e com os personagens já modificados.

Depois disso, o nosso amado Pato Donald trabalhou em uma série de curtas muito legais.
Em 9 de janeiro de 1937 "Don Donald" em que se apaixona  por uma charmosa patinha chamada Donna, a garota voltaria mais tarde como Daisy (Margarida) a eterna namorada.
Além desses citados, Donald participou de muitas outras animações maravilhosas.
Na página 9 da revista começa a primeira história com o título: "A Grande Festa" que reúne um grande número de personagens Disney dos vilões até os personagens mais secundários e figurantes.
Essa história tem roteiro de Evert Geradts, desenhos de Daan Jippes e arte-final de Michel Nadorp e foi Publicada pela primeira vez em 23 de outubro de 1992. Saiu pela primeira vez na Holanda (capa ao lado) e o segundo país a receber essa história foi o Brasil (nesta edição que eu comento hoje aqui no post "Tesouros da Minha Coleção"). 
Essa história também foi publicada na Alemanha, Finlândia, Itália, Noruega e Suécia.
Enquanto "Rola" a história da festa do Donald, bem no meio da revista temos um presente da editora Abril, um poster com as 60 faces de Donald. 
São 60 caras e bocas do patinho. Ali  você vai encontrar o Pato Donald: Mal-humorado, atento, zangado, bem-humorado, convencido, perplexo, desconfiado, preocupado, abobalhado, surpreso, ganancioso, desorientado, ansioso, triste, desanimado, astuto, orgulhoso, inseguro, alegre, feliz, sonolento, espantado, curioso, pensativo, enjoado, desesperado, envergonhado, meigo, apaixonado, irônico, arrasado, heróico, engasgado, diabólico, detonado, sem jeito, severo, humilde, confiante, envaidecido, amedrontado e muitas outras faces do nosso Pato Donald.
A história continua até a página 34.
Logo depois na página 35 temos um encontro com o grande Clarence Nash.
Segundo a Wikipédia, Clarence Nash (foto ao lado) nasceu em Watonga, Oklahoma, 7 de dezembro de 1904 e faleceu em Glendale, Califórnia, 20 de fevereiro de 1985. Foi um dublador norte-americano.
Por aproximadamente cinquenta anos, Clarence Nash deu voz ao Pato Donald,  foi também a segunda voz do personagem Jimmy Cricket (Grilo Falante) quando Cliff Edwards, seu dublador oficial, morreu.
Na página 35 temos uma história chamada; "Donald  em Fantasmas Solitários", uma quadrinização de um curta de 24 de dezembro de 1937 chamado: "Lonesome Ghost". 

Quatro fantasmas verdes querem se divertir, então eles convidam os ghostbusters Mickey, Donald e Pateta para irem a sua casa assombrada com o objetivo de conduzi-los a loucura.
 Mas as coisas não saem como planejado.

Assista  ao vídeo abaixo:

Na página 44 temos uma matéria com o título: O Pato Nosso de Cada Dia - Uma Introdução Às Tiras Diárias.
E ali diz  que o Pato Donald e Charles Alfred Taliaferro tinham uma parceria diária por longos anos.
Al Taliaferro (foto ao lado) foi um grande "gozador" que transformou em arte o seu bom humor. Em 1931, aos 25 anos, teve a primeira oportunidade nos estúdios Disney, como assistente, arte-finalizou as tiras do Mickey desenhadas por Floyd Gottfredson
Dois anos depois ele assumiu as Silly Symphonies (sinfonias tolas) adaptações de uma série de desenhos animados para os suplementos infantis dos jornais.
Taliaferro co-criou uma série de personagens, incluindo Huguinho, Zezinho e Luisinho, Bolívar, Vovó Donalda, e, possivelmente, Margarida. Ele desenhou as tiras em quadrinhos do Pato Donald, de 1938 até sua morte em 1969 em Glendale, Califórnia.
E pra  fechar essa "joia" da minha coleção, temos algumas piadas do Donald que começam na página 45 e se estendem até o final da revista na página 50.
"Pato Donald 1936", essa gag de uma página tem  o roteiro de Ted Osborne e desenhos de Al Taliaferro e foi publicada em 25 de outubro de 1936.
"Pato Donald 1937" também tem o roteiro de Ted Osborne e os desenhos de Al Taliaferro e foi publicada em 17 de outubro de 1937.
Depois dessas duas histórias de uma página, começam as piadas de meia página até o final todas com o ano como título: 1938, 1939, 1940, 1941, 1942 ,1943 e mais uma de página inteira com o título igual as anteriores: Pato Donald 1944. todas elas desenhadas por Al Taliaferro.
"Pato Donald Especial 60 Anos", é mais um tesouro da minha coleção Disney. 
Ótimo final de semana pra todos aos amigo que frequentam o blog Universo Disney.

Fonte: Inducks, Wikipédia, Pato Donald Especial 60 Anos (acervo pessoal)  e Youtube.

4 comentários:

Matheu$ Guarany disse...

Essa realmente é uma excelente edição, indispensável para um colecionador Disney!
Excelente postagem, garanto que deu um trabalhão... mas o resultado foi muito bacana, parabéns! Muito completa!

Uma pergunta Ludy: Qual é o seu email?

Abçs.

Matheu$

FabianoCaldeira. disse...

Parabéns, amigo, por ter uma revista tão preciosa como essa, por ter a humildade de compartilhar conosco e por ser tão dedicado a nós e as coisas que tanto lhe faz bem.
Muito bom mesmo! Parabéns! Tenha uma excelente semana!
Abraços. FabianoCaldeira.

Ludy disse...

Obrigadão Matheus pelo comentário e o meu e-mail é
ludy@viavale.com.br. Eu recomendo o teu blog O Edição Extra Blog a todos aqueles que gostam de HQs Disney e de saber todas as novidades sobre o mundo dos quadrinhos Disney.

Fabiano muito obrigado pelo teu carinho e teus sempre bem-vindos comentários. Teu blog o SOCIALIZANDO, também é um ótimo blog com uma grande diversificação de assuntos que é muito show. Gosto muito do teu blog cara.

Pablo Gabriel disse...

Como o Donald pode ter comemorado 60 anos antes ?
Pensei que em 2010 ele completava 60 anos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails