sexta-feira, 5 de novembro de 2010

“Encontros, desencontros e reencontros”

Olá pessoal, (em primeiro lugar uma explicação: esse gibi tem quase 40 anos, não é uma republicação, existem desgastes naturais do papel, da tinta, e de manuseio, o que afeta a qualidade das imagens), hoje vamos curtir um pouco de nostalgia...
Estão vendo essa capa do Mickey nº 223? Essa publicação é de maio de 1971 e este desenho é de Paul Murry
 Esse gibi possui 10 histórias, inclusive uma de Murry, e a história final tem o personagem Zico, amigo dos sobrinhos de Donald, que vem de outra dimensão de “Gaitux” e que tem por hábito, comer dinheiro... lembram dele?
Esse gibi, como vários outros, fizeram parte da nossa coleção no passado, e não via um desses há bastante tempo. Pois é, hoje vamos falar da satisfação em reencontrar gibis que um dia já tivemos em nossa coleção, e por algum motivo, os perdemos. É assim mesmo, por motivo de mudança, enchente, esquecimento, empréstimo ou qualquer outra situação, ficamos sem determinadas edições e passamos a vida tentando recupera-las e quando encontramos alguma edição dessas para repor, é só alegria.
Ricardo Kozesinski, da Rika Comic Shop
No meu caso foi assim: quando tinha 17 anos, e já colecionava gibis desde os 7 anos, minha mãe reclamou tanto dos gibis espalhados pela casa, e por falta de espaço, aconselhou que eu fizesse uma doação para alguma instituição. Eram mais de 1300 exemplares, naquela ocasião, e acabei doando tudo mesmo. Na época, fiz isso por obediência à minha mãe, e porque achei que era certo, mas, até hoje me arrependo. Este é o motivo que me faz ficar procurando em sebos e lojas virtuais, os gibis Disney daquela época - década de 70.
Esta semana conseguimos alguns exemplares intercalados desse período, uma seqüência de Mickey - de 1970 a 1975 - o que me deixou muito feliz e animado. Compramos pela RIKA, que dispensa apresentações, pois todo fã de quadrinhos conhece bem.
Sei que cada um tem suas preferências de lojas virtuais, e que existem diferentes níveis de exigências e qualidade em publicações antigas sendo vendidas de segunda, ou “enésima” mãos. Mas nesse aspecto sou bem tranqüilo. Avalio os gibis antigos e usados, com um sistema de pontos, como aprendi no site “Guia dos Quadrinhos”, em cinco categorias, que vão de “péssimo” à “excelente” Não dispenso nenhum gibi (principalmente se for bem antigo), e passo parte do meu tempo livre, restaurando algumas preciosidades, e deixando-os da melhor forma possível.
Bom, o surpreendente, nessa semana é que os gibis vieram acima do grau de qualidade que geralmente encontro nessa loja, o que pode significar que dei mais sorte, ou talvez, seja o fato de que o nível por lá esteja mesmo melhorando. De qualquer forma, fiquei super satisfeito, e o preço também estava muito bom.
Um aspecto muito legal nesses quadrinhos Disney dos anos 70, são as promoções de capa, Vocês viram que o gibi trazia figurinhas “Os Maiores Momentos da Nossa História”, acho isso muito legal. São promoções atreladas às publicações, que dão continuidade na compra. O leitor vê uma edição e espera a edição seguinte para continuar colecionando as figurinhas.
Outro lado muito interessante, são as propagandas da época. Observaram os comerciais? Esse “Chicletes Mini” da Adams, era sucesso garantido com as meninas, bem como o chocolate branco “Galak” da Nestlé.que a gente levava no cinema.
E o comercial da TV Tupi, é de encher os olhos de saudades, desenhos que a gente curtia muito, e tudo em preto e branco, e com “chuviscos”. 
Eu não deixava passar, chegava da escola e ia direto para a TV, e passava a tarde, assistindo e lendo gibi. Lembra de “A Noviça Voadora” e “Guerra, sombra e Água Fresca”?
Pois é, bons tempos mesmo.... Nas páginas centrais do gibi, o conhecidíssimo “Instituto Universal Brasileiro”, que eu lia integralmente, pois afinal, fazia parte do gibi, ocupando geralmente duas páginas inteiras, e eu havia dado um duro danado engraxando sapatos, para poder comprá-lo.rsrs...
Na contracapa o anúncio da “Revista Recreio” que cheguei a ter algumas edições, mas acabaram se perdendo.
Espero que tenham curtido comigo esse post, sei que essa é apenas uma impressão pessoal, na forma de apreciar os quadrinhos Disney, mas, acredito que sejam características muito comuns nos colecionadores e fãs desses gibis.
Me desculpem os leitores mais jovens, que talvez não se interessem tanto por essas coisas do passado, ficando mais como curiosidade mesmo, mas sei, que quem tem 40 anos ou mais, sabe bem do que estamos falando, pois afinal de contas, um gibi é como um bom vinho que não envelhece com a passagem do tempo, apenas nos proporciona um melhor sabor, e momentos de extrema satisfação. Abraços.
Fonte: Texto de Paulo Gibi (resenhista e colaborador do blog Universo Disney) Foto do Ricardo da Rika Comic Shop, autoria de Daigo Oliva/G1.

7 comentários:

Solange disse...

Bom dia Ludy,qdo eu entro aqui eu volto no meu passado....Vc esta bem hoje?..
Boa sexta feira pra vc....
Abração.Sol.

Ludy disse...

Obrigado pelo comentário Solange. Você é sempre bem vinda aqui no nosso Universo... Disney. Abração e até a próxima.

FabianoCaldeira. disse...

OLá, rapaziada! Belo assunto escolheram hoje. Parabéns! Isso, que foi narrado, também aconteceu comigo. Tinha uma certa pilha de gibis que acabei dando embora porque tive maus momentos na passagem de minha adolescência com direito a depressão e muita tristeza sem muita explicação, mas, de alguma forma, achei que era melhor me livrar deles. Não tenho arrependimento, mas alguns exemplares marcaram bastante e desses tenho saudades.
Alguma coisa eu tento recuperar, mas prefiro dar mais vazão ao momento atual porque a vida passa muito rápido e logo a revista que é a sensação, passa a ser mais uma dentre tantas.
Abraços. FAbianoCaldeira.

Paulo Gibi disse...

Oi pessoal, olá Fabiano, vc tem toda razão, a vida passa rápido e tem muitas publicações legais hoje em dia. O Disney Big é uma delas... não dá pra ficar sem... Abraços. Paulo

sergiokid disse...

Grande Paulo, elogiando as re-re-re-re-re-re-republicações.

Quanto à rika, já comprei lá algumas vezes, e confesso que fiquei chateado por anunciarem uma revista com a capa inteira e me enviarem uma cortada (cupom para alguma promoção), sendo que com a capa cortada eu já tinha a revista, e comprei exatamente para ter ela não mutilada.

No mais, sempre foram boas as compras lá.

Paulo Gibi disse...

Olá Sergio, obrigado por estar aqui... Entendo quando diz das re-re-republicações... nada como uma história inédita, né? Quanto à Rika, já tive também algumas decepções por lá, e isso da capa cortada foi chato mesmo. Abraços, amigo, fique à vontade para sempre comentar. Paulo

Macgaren disse...

Olá..Pô..tinha esquecido completamente desse alienígena comedor de Dinheiro..bom relembrar.
Sobre encontrar revistas antigas, eu assim como você também me desfiz de muitas revistas Disney que tinha na minha infância/Aborrescencia mas que quando passei a colecionar Homem-Aranha acabei não dando o devido valor às histórias dos meus queridos Patos. Hoje, amargamente arrependido, corro atrás e pelo menos ua vez por mês dou uma passada pelos sebos tentando encontrar alguma coisa perdida por lá.
Sobre qualidade das revistas não sou muito chato quanto a isso, quero mesmo ter a revista. o único tipo que deixo passar é se ela estiver com páginas faltando..já comprei na Rika algumas vezes mas nada de Disney,preciso dar um pulo lá pra ver se tem algo da Disney pra aproveitar.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails